Obrigações Portugal vai financiar-se em até 1.000 milhões na próxima semana

Portugal vai financiar-se em até 1.000 milhões na próxima semana

O IGCP vai realizar uma emissão de dívida a 10 anos na próxima semana. O objetivo é financiar até 1.000 milhões de euros.
Portugal vai financiar-se em até 1.000 milhões na próxima semana
Sara Antunes 08 de novembro de 2019 às 13:27

A agência que gere a dívida pública portuguesa vai realizar um novo leilão de dívida na próxima semana. O objetivo é emitir obrigações a 10 anos, num montante total entre 750 e 1.000 milhões de euros. 

Se emitir o valor máximo, o montante angariado este ano com a colocação no mercado de títulos de dívida de longo prazo ascenderá a 13,5 mil milhões de euros, o que corresponde a 87,7% do objetivo para 2019, que passava por emitir 15.400 milhões de euros em obrigações do Tesouro.

A última vez que o IGCP emitiu dívida a 10 anos foi em setembro, tendo acordado uma taxa de juro de 0,264%, o que correspondeu a um novo mínimo histórico. 

Em outubro, a agência liderada por Cristina Casalinho realizou, como habitual, uma emissão de dívida de longo prazo, mas, neste caso, a 15 anos. Na altura o IGCP emitiu 750 milhões de euros, tendo acordado pagar uma taxa de juro de 0,49%, o que representa o custo de financiamento mais baixo de sempre nesta maturidade. 

A descida das taxas de juro que os investidores têm exigido para financiar Portugal está em linha com a evolução das "yields" no mercado secundário, que têm atingido mínimos históricos em linha com o comportamento da restante dívida soberana europeia.

Nos últimos dias, os juros da dívida negociada no mercado secundário registaram subidas, ainda que se tenham mantido em níveis historicamente baixos. A subida recente está relacionada com a redução da percepção de risco por parte dos investidores, que têm preferido apostar em ativos de maior risco, em vez de se protegerem em ativos como a dívida soberana.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI