Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal volta aos mercados com duplo leilão de dívida de curto prazo

O instituto que gere a dívida portuguesa anunciou dois leilões de títulos do Tesouro na próxima semana, a 6 e a 12 meses, para tentar captar até 1.750 milhões de euros.

Negócios jng@negocios.pt 11 de Setembro de 2020 às 16:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O IGCP vai realizar no próximo dia 16 de setembro dois leilões das linhas de bilhetes do Tesouro com maturidades em 19 de março de 2021 e 17 de setembro de 2021, anunciou esta sexta-feira o instituto que gere a dívida nacional.

 

O montante indicativo global está compreendido entre 1.500 milhões e 1.750 milhões de euros, acrescentou.

 

A última vez que Portugal realizou um leilão de dívida com maturidades curtas foi a 19 de agosto, com maturidades a 3 e 11 meses.

 

No anterior leilão de bilhetes do Tesouro com vencimentos a 6 e 12 meses (realizado a 15 de julho), como vai acontecer na próxima semana, o IGCP colocou um total de 1.750 milhões de euros, um valor bem acima do habitual.

 

Em bilhetes do Tesouro a 12 meses (maturidade em 21 de maio de 2021) foram colocados mil milhões de euros, com uma taxa de -0,351%. Portugal voltou assim financiar-se a taxas negativas a 12 meses, depois de no leilão de abril a yield ter sido positiva (0,038%) pela primeira vez em três anos.

 

A taxa obtida pelo IGCP foi mesmo mais favorável do que a registada em março, quando Portugal se financiou em 405 milhões de euros a 12 meses com uma "yield" de -0,101%. No leilão de fevereiro a taxa ficou em -0,484%.

 

Acresce que esta terá sido uma das emissões de maior volume a 12 meses e a procura foi robusta, superando os 3 mil milhões de euros, ou seja, 3,02 vezes acima da oferta.

 

O IGCP colocou ainda 750 milhões de euros em títulos com maturidade em 20 de novembro de 2020 (seis meses), com uma taxa de -0,411%. Esta comparou com a taxa de -0,089% no leilão de março e de -0,487% no leilão de fevereiro. A procura também foi positiva, superando a oferta em 2,69 vezes.

 

Ver comentários
Saber mais IGCP Tesouro Portugal
Mais lidas
Outras Notícias