Obrigações Segredo desvendado. Arábia Saudita é um dos maiores credores dos EUA

Segredo desvendado. Arábia Saudita é um dos maiores credores dos EUA

O departamento do Tesouro dos EUA foi obrigado a divulgar, pela primeira vez, o valor investido pela Arábia Saudita em obrigações do Tesouro norte-americanas.
Segredo desvendado. Arábia Saudita é um dos maiores credores dos EUA
Negócios com Bloomberg 16 de maio de 2016 às 19:06

Os EUA divulgam mensalmente o valor aplicado nas suas obrigações do Tesouro por país. Mas, apesar de mês após mês, as entidades norte-americanas actualizarem os dados, nunca haviam revelado qual a posição da Arábia Saudita, com os valores detidos por Riade a ficarem incluídos no grupo dos países exportadores de petróleo.

No entanto, devido à Lei de Liberdade de Informação, o Departamento do Tesouro teve de divulgar a posição saudita, segundo a Bloomberg. Riade detinha, no final de Março, 116,8 mil milhões de dólares aplicados em dívida da maior economia do mundo. Está na lista dos 12 maiores credores dos EUA.

As maiores aplicações em obrigações do governo dos EUA são da China e do Japão. Tinham, segundo os dados mais recentes referentes a final de Fevereiro, 1,25 biliões e 1,13 biliões de dólares em títulos de dívida norte-americana.

O terceiro lugar dos maiores detentores de obrigações dos EUA é composto pelo conjunto denominado como centros bancários das Caraíbas, a maior parte deles offshores. As aplicações feitas através destas geografias totalizam 361,1 mil milhões de dólares. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI