Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

S&P mantém notação máxima do BCE

A agência de rating reafirmou o "triplo A" para a classificação do crédito do Banco Central Europeu, e manteve a perspectiva "estável".

Reuters
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 13 de Março de 2015 às 17:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Standard & Poor’s manteve em "AAA" a notação do crédito do Banco Central Europeu, com perspectiva "estável".

 

Esta decisão reflecte, segundo a agência, "a avaliação de uma sólida flexibilidade monetária do BCE e a média elevada dos ratings dos seus membros".

 

As classificações são habitualmente solicitadas – e pagas – pelos próprios emitentes. No entanto, por vezes as agências publicam notações por sua própria iniciativa – ou seja, não solicitadas pelo emitente –, que são geralmente elaboradas sem terem acesso a informações reservadas. E é isso que acontece com o Banco Central Europeu, uma vez que esta avaliação feita pelo S&P não é solicitada pela autoridade monetária do euro.

 

E em que situações ocorre a atribuição de ratings não solicitados? Uma agência de rating pode decidir emitir o seu parecer sobre um emitente ou emissão, sem que este seja pedido, quando "existe um grande interesse do mercado de crédito ou dos participantes na publicação de tal rating" e se a agência "contar com informações suficientes para sustentar uma análise apropriada e, se aplicável, realizar o monitoramento do rating", sublinha o código de conduta da S&P. 

 

 

Ver comentários
Saber mais Standard & Poor's Banco Central Europeu BCE rating
Outras Notícias