Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vale a pena investir na emissão de dívida da Mota?

Depois de vários anos marcados pela ausência de emissões de obrigações por parte das cotadas nacionais, a Mota-Engil reabriu este mercado. Apesar da taxa ser elevada, os analistas alertam que é preciso estar atento ao perfil de crédito da empresa.

A Mota-Engil vai pagar um dividendo de 13 cêntimos por acção, o que corresponde a 5,57% da cotação. A construtora liderada por Gonçalo Moura Martins vai entregar aos accionistas mais de 30 milhões de euros, o que representa mais de 60% dos lucros obtidos.
Miguel Baltazar/Negócios
Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 07 de Novembro de 2018 às 07:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
As emissões de dívida para o retalho estão de volta. A Mota-Engil anunciou que vai avançar com uma oferta pública de subscrição (OPS) de obrigações, com uma taxa de 4,5%. Os analistas consideram a taxa "atractiva", num ambiente de rendibilidades bastante deprimidas, mas alertam para os riscos da operação.

A OPS de obrigações da Mota-Engil irá decorrer entre 12 e 23 de Novembro, numa operaç...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Mota-Engil obrigações retalho investidores
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias