Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Constâncio afasta ligação entre pedido de ajuda da Irlanda e Portugal

Se a Irlanda pedir ajuda, isso não quer dizer que Portugal tenha também de o fazer, declarou hoje o vice-presidente do BCE.

Negócios negocios@negocios.pt 16 de Novembro de 2010 às 10:12
  • Partilhar artigo
  • 7
  • ...
Vítor Constâncio, vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), disse hoje que se a Irlanda pedir ajuda, isso não significa que outros países em risco, como Portugal, tenham de fazer o mesmo.

À margem de uma conferência em Frankfurt, Constâncio declarou à imprensa que se a Irlanda decidir pedir ajuda, é por considerar que isso irá estabilizar a situação. “Mas cabe a eles decidir”, salientou.

Questionado sobre se outros países, como Portugal, se juntariam inevitavelmente à fila dos pedidos de ajuda no caso de a Irlanda o fazer, o vice-presidente do BCE declarou que não.

“Não há uma necessária ligação neste aspecto. Todas as situações são diferentes entre si. Não há uma necessária ligação... depende dos desenvolvimentos do mercado”, sublinhou Constâncio, citado pelo “ForexLive”.

"Portugal não vai pedir ajuda só porque a Irlanda o faz, não temos de ir atrás", garantiu ao “Diário de Notícias” fonte oficial do gabinete do primeiro-ministro, acrescentando que "tudo o resto que se disser é pura especulação".
Ver comentários
Saber mais Constâncio Irlanda BCE
Outras Notícias