Advogados 2018 Sector teve melhorias evidentes

Sector teve melhorias evidentes

Área teve uma modernização evidente nos últimos 20 anos
Sector teve melhorias evidentes

Convidado a fazer um balanço do sector em Portugal, Manuel Fontaine Campos começa por esclarecer que não é advogado no activo e que a sua visão é a de um observador externo. Feita a ressalva, parece-lhe que houve, nos últimos 20 anos, uma "modernização evidente, sobretudo em resultado da afirmação das sociedades de advogados, o que permitiu a oferta de um melhor serviço aos clientes, essencialmente do sector empresarial". Ao mesmo tempo, crê que "o cidadão comum ainda não sentiu uma modernização clara do serviço e da relação com a advocacia".

 

Para melhorar o sector é preciso, por um lado, "fazer chegar a modernização de processos e de relação com o cliente já verificada nas sociedades aos restantes escritórios de advogados". Por outro, diz que seria interessante que cada cidadão pudesse ter um "advogado de família", que o aconselhasse em todos os momentos relevantes da sua vida com implicações jurídicas e que actuasse, sobretudo, numa lógica preventiva, evitando os conflitos e o recurso aos tribunais.

 

Além do supracitado, um desafio para o futuro do sector passa por "conseguir perceber e utilizar as inovações que vão surgindo dia a dia no domínio das tecnologias da informação" que vão "transformando" o próprio Direito.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI