Outros sites Cofina
Negocios em rede
Mais informações

C•Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do universo Cofina.
Aqui as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Notícia

Cursos adaptados ao quotidiano

Universidade Portucalense prepara os alunos para a realidade que vão encontrar nas diferentes empresas e organizações.

12 de Julho de 2021 às 13:37

Porquê a Universidade Portucalense? Que aptidões fornece esta instituição aos seus alunos que os vão encaminhar para uma carreira de sucesso? Sebastião Feyo de Azevedo, reitor da UPT, começa por recordar que a Portucalense oferece há muitos anos um perfil de cursos que associa o desenvolvimento de conhecimento teórico à prática do nosso quotidiano, às empresas, às associações e às instituições que são a realidade da nossa vida produtiva, social e cultural.

 

"Esse é um fator distintivo", realça o reitor e prossegue: "De resto, a UPT tem desenvolvido e adaptado os seus cursos na perspetiva de que, cada vez mais, tanto o desenvolvimento da cultura de formação ao longo da vida como o desenvolvimento da capacidade da procura e análise crítica da informação disponível, como ainda a formação humanista holística, são tão relevantes como o conhecimento das áreas específicas de cada um."

 

Engenharia e Gestão Industrial

 

Sempre em evolução, a UPT vai apresentar no próximo ano letivo a nova licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial. E as expectativas para este curso são altas. "Foi um passo muito importante de serviço público, bem para lá dos interesses internos", destaca Sebastião Feyo de Azevedo.

 

Engenharia e Gestão Industrial é um curso "altamente estruturante da formação em engenharia" e a procura tem "excedido largamente a oferta". A UPT passa a proporcionar que mais alguns estudantes consigam aceder ao curso para o qual têm motivação e apetência.

 

Questionado se gostaria de destacar mais alguma das 14 licenciaturas da universidade, o responsável da UPT aponta as duas licenciaturas que se iniciaram no ano letivo que agora termina: Marketing e Engenharia Informática. É-nos explicado que ambos os cursos preencheram totalmente as vagas, excedendo-as mesmo dentro da flexibilidade que a legislação permite, e têm gerado um grande entusiasmo por parte dos estudantes, seja pelo currículo ou pela ligação ao mundo empresarial. "Mas o traço marcante é o da oferta alargada de licenciaturas, de qualidade, que temos para responder aos anseios de formação dos jovens: Direito, Solicitadoria, Relações Internacionais, Gestão, Economia, Marketing, Informática, Sistemas de Informação para Gestão, Engenharia Informática, Engenharia e Gestão Industrial, Psicologia, Educação Social, Turismo e Gestão da Hospitalidade."

 

Quanto aos diferentes departamentos existentes na UPT, opta igualmente por não especificar, preferindo olhar para estes como um todo. É que Direito; Psicologia e Educação; Turismo, Património e Cultura; Economia e Gestão; e Ciência e Tecnologia constituem "uma estrutura orgânica forte, sem destaques".

 

Programa de estágios

 

Em relação aos estágios existem programas específicos dos cursos de licenciatura em Gestão, em Marketing, na área do Turismo e Hospitalidade, nas áreas da Informática, Engenharia Informática e Gestão Industrial e também em Educação Social. "Neste caso, os estágios são parte integrante dos cursos, mas há casos em que os alunos podem optar por estágios extracurriculares", esclarece, continuando: "Para este efeito temos centenas de protocolos assinados com empresas, instituições e associações."

 

Paralelamente, os estudantes de mestrado também podem optar por "realizar um estágio em alternativa à opção de dissertação ou projeto".

Um universo de parcerias

A UPT tem centenas de parcerias com empresas e instituições. É impossível apontar todas, por isso, Sebastião Feyo de Azevedo deixa apenas uma breve nota com algumas das organizações mais relevantes.

 

No Direito: Cerejeira Namora, Pedro Falcão – Sociedade de advogados, Telles Advogados, Miguel Veiga, Neiva Santos ou a Associação DECO.

 

Na Ciência e Tecnologia: empresas bem instaladas no parque industrial como Hitachi, Sistrade, Bracing ou a ITSector.

 

Na Economia e Gestão: as empresas com grande dimensão, como o Crédito Agrícola, Bosch, OneBiz, Jomafe; bem como outras que acolhem estagiários como as Efacont, Astrolábio, Covet Group. Como ainda empresas que já participaram no projeto emblemático "On the Road", como The Super Bock Group, Farfetch, Taylor’s, Castelbel e Altronix.

 

Na Psicologia e Educação: instituições com grande relevo social no terreno, como Agrupamento de Escolas Gaia Nascente, Núcleo Elos, Norte Vida e Santa Casa da Misericórdia do Porto.

 

No Turismo, Património e Cultura: empresas prestigiadas, como Aveleda, Casa da Calçada, Pestana Hotel Group, Sheraton, Serralves, Yeatman, e, entre as universidades, a Universidade Estadual de Nova Iorque ou a Jinggangshan, China.

Mais notícias