Outros sites Cofina
Negocios em rede
Mais informações

C•Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do universo Cofina.
Aqui as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Notícia

Ajudar as empresas nacionais a exportar mais e melhor

A 16ª edição do Portugal Exportador regressa ao formato físico, no Centro de Congressos de Lisboa, na próxima quinta-feira dia 11 de novembro.

09 de Novembro de 2021 às 10:25

Portugal mudou muito na última década. Uma mudança forçada pelos condicionalismos económicos que o país atravessou e que obrigaram a uma grande parte do tecido empresarial português a adaptar-se. A melhor forma de o demonstrar é fazer uma rápida análise às exportações de bens para constatar que, entre 2010 e 2019, aumentaram em percentagem do PIB de 33,1% para 44,5%, o que representou um aumento de mais 38,8 mil milhões de euros face ao valor de 2010.

Estes números refletem bem a grande capacidade de resiliência e de recuperação das empresas nacionais, apesar das limitações ainda existentes. Em 2020, com a pandemia de covid-19, a curva de crescimento das exportações nacionais sofreu um contratempo, mas este ano, tudo indica que vai voltar a crescer, podendo chegar aos valores de 2019, pré-pandemia.

15 anos a promover exportações
O Portugal Exportador promove e desenvolve as exportações nacionais há 15 anos. Esta grande iniciativa ajudou milhares de empresas e empresários a chegar a novos mercados e a iniciar os seus processos de exportação. É também por isso uma mostra da qualidade e da resiliência das empresas nacionais. Organizado pela Fundação AIP, em parceria com o novobanco e com a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), a 16ª edição do Portugal Exportador tem lugar na próxima quinta-feira, dia 11 de novembro, no Centro de Congressos de Lisboa. Este ano retoma o formato físico, numa edição centrada nas necessidades das empresas nacionais.


Num só dia, num só lugar, pode concretizar negócios e reforçar oportunidades de networking. São dez horas consecutivas de negócios e empreendedorismo, com reuniões, workshops, conferências, cafés temáticos, consultoria e B2B a decorrer em simultâneo. As inscrições podem ser feitas em www.portugalexportador.pt/registo-2021/.

Para a organização do evento, "esta 16ª edição acontece num momento particularmente especial da nossa economia, em que as empresas, com especial destaque para as Pequenas e Médias Empresas (PME), procuram recuperar dos efeitos da pandemia". Neste sentido, o programa do evento tem em especial consideração a concretização efetiva de negócios no local, através da dinamização de contactos entre empresas nacionais e internacionais. Exemplo disso é o reforço da área de "web buyers", com representantes de mercados como o da Alemanha, Brasil, Colômbia, México, Singapura, Reino Unido, entre outros.

Este será assim um dia inteiramente dedicado a temas de relevância para as exportações portuguesas, através de conferências, cafés temáticos, reuniões B2B entre os visitantes profissionais e os expositores presentes, nomeadamente entidades, empresas, PME, startups, Câmaras de Comércio e embaixadas.

Quatro temas em destaque

Em grande destaque estarão também as quatro conferências desta edição. A conferência "Sustentabilidade e Comércio Internacional" visa dar a conhecer as melhores práticas das empresas que lideram em setores estratégicos bem como as tendências internacionais que marcarão o futuro da sustentabilidade.

Outro dos temas cuja atualidade marca a agenda da economia é a "Reindustrialização da Europa", com especial enfoque nos instrumentos de apoio da União Europeia ao setor industrial, formas de diminuir a dependência das cadeias de distribuição internacionais, bem como os melhores casos de sucesso na redução de custos operativos.

Na conferência "Qual a melhor estratégia de abordagem a mercados?" pretende-se abordar os múltiplos fatores a ter em consideração na escolha de um mercado de exportação.

O crescimento do "E-commerce e Marketing Digital", e os seus efeitos práticos na vida das empresas, abordará o processo de seleção da melhor plataforma de venda, seja através de marketplaces ou de lojas online próprias, bem como fortalecer e diversificar a presença nos mercados internacionais, numa altura em que se estima que, em 2040, cerca de 95% das compras sejam feitas através do comércio eletrónico.

De realçar ainda a realização dos tradicionais Cafés Temáticos, que permitem uma conversa informal em torno de temas específicos que dizem respeito ao processo de internacionalização e exportação das empresas portuguesas, como "ferramentas de apoio às empresas", "diagnóstico", "marcas e patentes", "transporte de mercadorias", "risco cambial", entre outros.

O Portugal Exportador faz parte da missão da Fundação AIP em prestar apoio às PME que queiram iniciar ou diversificar o seu processo de internacionalização, fornecendo-lhes o local e os contactos para uma possível concretização de negócios.

Importância de diversificar e crescer as exportações
Na apresentação do novo Plano Estratégico da AICEP, no passado mês de junho, Luís Castro Henriques, presidente da AICEP, realçou a diversificação de mercados e geografias das exportações nacionais. Em 2010, os quatro principais mercados eram o Reino Unido, França, Espanha e Alemanha, representando 61% do total das exportações de bens. Em 2019, estes países continuavam a ser os principais destinos de bens produzidos em Portugal, mas o seu peso caiu 5%. EUA, Itália, Holanda, Bélgica, Angola e Polónia ocuparam em 2019 o restante top 10 das exportações, por esta ordem.

A prova de que as empresas portuguesas conseguem ser competitivas, conquistar quota e adaptar os seus produtos a novos mercados foi o crescimento das exportações de bens para novas geografias. Em 2010, 12% das exportações eram para o resto do mundo e em 2019 esse valor subiu para os 22%. Este crescimento explica uma parte importante do aumento das exportações na última década.

 

Comissão Europeia distingue Portugal Exportador
Portugal Exportador foi um dos premiados nos European Enterprise Promotion Awards´19, na categoria de "Apoio à internacionalização das empresas", uma iniciativa da Comissão Europeia (coordenada em Portugal pelo IAPMEI), que tem como objetivo potenciar a divulgação de projetos reconhecidos no âmbito da promoção da iniciativa empresarial na Europa.

O evento distinguiu-se numa das seis categorias destes prémios que, anualmente, identificam os melhores projetos, em várias áreas, pela sua contribuição para o desenvolvimento económico do país e do emprego das regiões.

Portugal Exportador, um dia inteiramente dedicado à exportação, das 09h00 às 19h00 no Centro de Congressos de Lisboa
Mais notícias