Formação de Executivos 2019 Lusíada aposta na flexibilidade dos programas para responder ao mercado

Lusíada aposta na flexibilidade dos programas para responder ao mercado

A Universidade Lusíada concentra a norte uma parte importante da sua formação para executivos e o MBA. Neste universo, estão vários produtos desenhados à medida das necessidades da região.
Lusíada aposta na flexibilidade dos programas para responder ao mercado

O futuro da formação para executivos passa pela flexibilidade das ofertas e é para pôr em prática esta visão que a Lusíada tem vindo a ajustar os programas para executivos na área da gestão, explica a diretora da Faculdade de Ciências da Economia e da Empresa da Lusíada Norte. Elizabeth Real diz que este é um trabalho em progresso, mas acrescenta que a oferta atual da instituição alcançou um equilíbrio que já é reconhecido pelo mercado e que tem hoje um conjunto de fatores distintivos.    

A Universidade Lusíada divide-se por Lisboa, Porto e Vila Nova de Famalicão. Estes dois últimos polos integram a Lusíada Norte, onde está uma parte importante da formação para executivos da instituição na área da gestão e o MBA Executivo.

"Aqui no Norte trabalhamos com dois mercados muito distintos, o do Porto e o de Vila Nova de Famalicão, que tem áreas muito bem definidas em termos de clusters." Uma das grandes preocupações da escola é manter a proximidade a este tecido empresarial e atender às especificidades de um perfil de estudante com necessidades muito próprias, detalha. Na prática, essa preocupação materializa-se numa oferta de cursos que não é exatamente igual nos dois polos e que, mesmo nos cursos iguais, recorre a programas curriculares distintos.

"Temos uma ligação muito forte com o que é feito no mercado industrial", e essa proximidade tem sido a pedra de toque no alinhamento dos programas, "orientados para servir o mercado", acrescenta Elizabeth Real. Com a fusão das Universidades Lusíada Porto e Vila Nova de Famalicão e a criação da Lusíada Norte, no ano letivo de 2014/2015, a instituição aproveitou para repensar a formação para executivos e as pós-graduações, afinando a resposta às necessidades e à procura crescente de soluções flexíveis e apoiadas em metodologias de ensino e aprendizagem inovadoras.

 

Alinhamento de temas facilita mobilidade entre mestrado e MBA

A estratégia passa por uma aposta em "mestrados de banda larga, com um primeiro ano mais abrangente e o segundo ano para investigação numa área mais específica". O MBA foi desenhado para garantir uma formação de base na mesma linha, para um conjunto de áreas fundamentais do conhecimento, complementadas com os blocos de formação orientados para o negócio. Este tronco comum aos dois programas (em áreas como a gestão e o marketing) é um fator distintivo, que a responsável considera diferenciador e que tem favorecido a mobilidade entre os dois cursos.

Cerca de metade dos alunos que completam uma das duas formações também faz a outra, aproveitando a base comum de conhecimento dos dois ciclos de estudos e pedindo a creditação das unidades curriculares correspondentes. Garantem uma formação mais orientada à realidade empresarial (com o MBA) e desenvolvem uma componente mais de investigação (com o mestrado).

"Temos casos de pessoas que estão a fazer os dois programas em simultâneo. No final do primeiro ano têm o MBA feito e o 1.º ano do mestrado em Marketing ou Gestão", ilustra Elizabeth Real. "É algo que acredito ser um contributo para a flexibilidade que as pessoas procuram" neste tipo de formação, acrescenta a responsável. Outra preocupação da é manter uma estrutura de preços acessível, garante a diretora da Faculdade de Economia da Lusíada Norte. É isso que justifica a opção por um MBA com uma configuração de base sem componente internacional, que pode ser alterada se as turmas assim o desejarem.

Estão sempre em aberto "ações específicas que podem envolver os parceiros internacionais da instituição", garante Elizabeth Real.

Na configuração base, o MBA da Lusíada Norte privilegia um conjunto de outros ingredientes para garantir as dinâmicas associadas a uma formação deste tipo, como as ações de team building, coaching, masterclasses com CEO de topo ou visitas a empresas.

Ofertas tradicionais, tendências e reciclagem de conhecimento

A oferta da Lusíada para a formação de executivos divide-se pelo MBA, masters, pós-graduações e especializações. O MBA Executivo é um dos principais produtos. A estrutura curricular está organizada em dois grandes grupos, nos quais cabem um conjunto de áreas fundamentais (finanças, estratégia empresarial, marketing, gestão de operações e logística) e os blocos constituintes do plano de negócios, em que estão as áreas mais práticas e o desenvolvimento de um projeto aplicado à resolução de um desafio empresarial. Outras âncoras da oferta para executivos são o master em Marketing Management e a pós-graduação em Administração e Gestão da Saúde, que pela forte adesão conta com duas edições anuais.
Às propostas mais tradicionais, a Faculdade de Ciências da Economia e da Empresa tem vindo a juntar novidades para atender a tendências de mercado emergentes – como a pós-graduação em Gestão de Serviços de Alojamento Local – e à procura de uma reciclagem de conhecimento, mais vincada em áreas com uma forte dinâmica de mudança, como as finanças ou a contabilidade. Uma proposta nova nesta área é a pós-graduação em Contabilidade e Relato Financeiro.
No polo de Famalicão, é possível encontrar um conjunto de produtos desenhados para atender especificamente às necessidades da região. Um dos exemplos é o master em Operações e Sistemas de Produção.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI