Formação de Executivos II Articulação é uma realidade

Articulação é uma realidade

“Casamento” entre universidades e organizações cada vez mais presente.
Articulação é uma realidade

A parceria entre universidades e empresas é fulcral para o desenvolvimento de profissionais, organizações e, consequentemente, economia portuguesa. É juntando a teoria da sala de aula ao contacto prático com o tecido empresarial nacional que os colaboradores que frequentam programas de formação executiva ganham competências de gestão para fazer frente aos novos desafios do mercado. Indagado se existe uma boa articulação entre as universidades e as empresas, permitindo que os cursos de formação executiva vão de acordo às necessidades precisamente das organizações, Mário Ceitil, presidente da Direção Nacional da Associação Portuguesa de Gestão das Pessoas, responde que a constante hoje, sobretudo nas universidades de maior notoriedade, é a "existência de parcerias com entidades diversas", no domínio empresarial e no âmbito das instituições sociais e ainda, de forma crescente, entidades pertencentes ao domínio artístico.

 

Quanto a Inês Casaca, associate director da Randstad, acredita que "cada vez mais se verifica esta articulação". Até porque a exigência dos programas e a resposta das instituições às necessidades dos executivos levou a esse caminho. "Por um lado, temos executivos cada vez mais exigentes e com diferentes áreas de interesse. Por outro, temos empresas que cada vez mais promovem esta procura e apoiam este desenvolvimento. Cabe às instituições e às empresas garantirem que o sucesso da formação executiva também é construído por estas parcerias, que as necessidades dos executivos e do negócio se encontram ‘em sala’ com vista ao desenvolvimento comum."

 

Já José Cardeira Seno, partner da Prime Search, também assegura que "tem havido essa boa articulação". Tal tem permitido que nos dias de hoje "muita da formação executiva disponível no mercado venha precisamente das universidades, ao contrário do que se passava há 20 anos, quando eram as consultoras especializadas que tinham mais penetração no mercado".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI