Outros sites Cofina
Gestão e Recuperação de Créditos
Notícia

LMS facilita gestão e acompanhamento de processos de dívida

O software da Blue Screen assenta na plataforma tecnológica OutSystems, contando as ferramentas necessárias para ser implementado por clientes corporate e enterprise.

22 de Julho de 2021 às 10:59
Frederico Faria de Oliveira e Carlos Oliveira, fundadores da Blue Screen
Frederico Faria de Oliveira e Carlos Oliveira, fundadores da Blue Screen

A Blue Screen IT Solutions anunciou o lançamento oficial em Portugal da terceira versão do LMS – Legal Management System, o seu software de gestão e administração de processos em litigação e cobrança de dívidas.

 

Frederico Faria de Oliveira, fundador e managing partner da Blue Screen, explica que se trata de "uma ferramenta poderosa, especialmente vocacionada para a gestão e acompanhamento de processos de dívida, que permite centralizar toda a informação, desde o pré-contencioso até ao acompanhamento da insolvência ou recuperação, passando pelo contencioso".

 

O LMS permite tratar carteiras de crédito de forma segmentada e de larga escala através de um motor de workflows configuráveis, adequados à dimensão e necessidades, para agilizar e facilitar a atribuição de tarefas entre utilizadores internos ou externos e que podem ser escaladas a grupos de utilizadores quando necessário. A automatização "beneficia significativamente a tramitação dos vários mecanismos processuais e contabilísticos disponíveis" já que "não só favorece a eficiência, como garante ao utilizador uma capacidade de atuação proativa, essencial neste domínio da litigância", refere.

 

Um negócio de relevo

 

O fundador e managing partner da Blue Screen adianta que a força motriz de uma solução como o Legal Management System é "a satisfação por parte dos utilizadores internos", ou seja, "aqueles que, a título de exemplo, veem a sua rotina diária simplificada na comunicação com escritórios externos e aos olhos dos quais se tornou fácil e rápido saber, com um clique, em que ponto está qualquer um dos milhares de processos em curso".

 

Recorde-se que a Blue Screen tem um know-how acumulado no setor legal, pois, desde 2009, conta com diversos clientes e soluções amadurecidas para este setor. Para a empresa "tornou-se extremamente importante garantir que, a partir do utilizador típico da solução LMS, os escritórios de advogados", fosse possível "dar cobertura a uma necessidade há muito sentida de comunicação integrada e centralizada, assente em tecnologia avançada, entre escritórios de advogados e instituições do mundo financeiro ou organizações com departamentos jurídicos com contencioso de larga escala".

 

Clientes de todos os pontos

 

No que diz respeito a mercado-alvo, é-nos explicado que este software se destina "a todas as organizações que tenham um volume significativo de processos judiciais em tramitação nos seus departamentos e/ou que pretendam terceirizar o seu tratamento com parceiros externos". É também a solução indicada para "escritórios de advogados, nomeadamente aqueles em que a área de contencioso tenha um peso significativo".

 

A nova versão do software de gestão legal da Blue Screen IT Solutions, o LMS, vem resolver uma lacuna do mercado: "Garantir a centralização de informação num único ponto, alimentado pelas instituições financeiras (bancos, instituições recuperadoras de crédito, etc.) e pelos escritórios de advogados a quem encarregam dos seus volumes de contencioso, sustentado por tecnologia potente e segura." Como a solução "assenta numa plataforma tecnológica inovadora, as integrações entre sistemas facilitam a tão desejada centralização", diz o responsável da Blue Screen.

 

Por exemplo, o LMS está, neste momento, "implementado num dos principais bancos nacionais como o sistema principal das suas áreas de recuperação de crédito, gestão de processos judiciais e contencioso". A utilização é partilhada com os escritórios de advogados, "aos quais se encontra terceirizada a atividade de contencioso, elevando o número de utilizadores a várias centenas".

Mais notícias