Mestrados e Pós-graduações 2018 Objectivo: formar activos que revolucionem o sector da energia na Europa

Objectivo: formar activos que revolucionem o sector da energia na Europa

Alunos dos mestrados da InnoEnergy recebem uma sólida formação técnica e científica na área da engenharia num ambiente internacional.
Objectivo: formar activos que revolucionem o sector da energia na Europa

A InnoEnergy tem como missão ser o motor europeu da inovação para um futuro energético sustentável. Esta empresa europeia, criada em 2010, apoia e investe em novas ideias, produtos e serviços na área da energia sustentável, para uma rápida transferência de tecnologia para o mercado de forma consolidada, em todas as fases do processo – da educação aos clientes.

 

A empresa reúne academia e indústria, recém-licenciados e empregadores, investigadores e empresas, empreendedores e mercados. É neste ecossistema que trabalha, focando-se em três áreas essenciais da inovação: educação, projectos de inovação e novos negócios. Em Portugal desde 2012, a InnoEnergy colabora com uma rede alargada de parceiros, entre eles o Instituto Superior Técnico. Dos sete mestrados organizados pela InnoEnergy, quatro são leccionados, precisamente, no Instituto Superior Técnico, contando com 86 estudantes no ano lectivo de 2017/2018.

 

O objectivo dos sete mestrados organizados pela InnoEnergy é "formar activos mais competitivos na área da energia com a capacidade de revolucionar o panorama do sector da energia na Europa, com um posicionamento global, numa abordagem ‘hands-on’ e ‘learning-by-doing’ em desafios reais do sector". Segundo explica a equipa de Educação da InnoEnergy, durante os dois anos de formação em regime de full-time os alunos da InnoEnergy recebem uma "sólida formação técnica e científica na área da engenharia num ambiente internacional". "Esta formação é complementada com estadias em business schools e outras actividades extracurriculares que permitem aos alunos ter contacto com os desafios actuais das empresas na área da energia, fazendo com que se tornem profissionais com uma capacidade invulgar para resolver os desafios que se colocam hoje em dia nesta área."

 

Pedido um balanço dos mestrados que são leccionados no Técnico e da respectiva parceria, a equipa de Educação da InnoEnergy recorda que o Instituto Superior Técnico é uma universidade parceira em Portugal da InnoEnergy, "desde o início das suas actividades, contribuindo com a excelência na formação de recursos humanos e com a ligação a outros parceiros académicos e a empresas na área da energia". Anualmente, prosseguem os responsáveis da empresa, são aceites cerca de "500 alunos nos sete mestrados" que hoje a InnoEnergy apoia em oito países. "E o facto de termos um número elevado a estudar neste ano lectivo no Instituto Superior Técnico, em crescendo desde 2012, espelha o compromisso da universidade e o reconhecimento por parte dos alunos de que estamos no bom caminho para a precursão do objectivo já enunciado."

 

Duas universidades diferentes

 

Os mestrados da InnoEnergy são de duplo grau, logo, os alunos têm no seu percurso académico a passagem obrigatória em duas universidades diferentes nos dois anos lectivos, explica a equipa de Educação da InnoEnergy. "A nossa oferta inclui sete mestrados com diferentes especializações na área da energia, leccionadas por 14 universidades europeias, em diferentes consórcios. A universidade parceira em Portugal é o Instituto Superior Técnico e existem quatro mestrados cujo um dos anos lectivos pode ser ensinado nesta instituição. As restantes universidades parceiras localizam-se na Polónia, França, Alemanha, Suécia, Bélgica, Holanda, Espanha, Finlândia e Itália."

 

Realidade distinta

 

O que diferencia os mestrados da InnoEnergy, além da componente técnica e científica, é terem igualmente uma componente "empresarial", leccionada em escolas de negócios da Europa que dispensam apresentações, como "a Católica Lisbon School of Business and Economics, a ESADE Business School ou a Grenoble École de Management, que dá aos alunos a possibilidade de ganhar conhecimentos na área da gestão e empreendedorismo". Atendendo à rede de parceiros da organização, os estudantes têm ainda a "oportunidade de trabalhar de perto com a indústria, start-ups ou projectos de inovação na área das energias sustentáveis através da elaboração de teses ou estágios".

 

Adicionalmente, diz a equipa de Educação da InnoEnergy, os programas oferecem um duplo grau académico, nos quais no final do programa os alunos recebem dois diplomas de mestrado, um por cada universidade onde estudaram na Europa. Os programas são leccionados em inglês com a possibilidade de aprendizagem das línguas locais.

 

Os responsáveis da empresa referem ainda que o recrutamento é realizado a nível internacional. Há cerca de 60 nacionalidades diferentes, o que é uma mais-valia para estes novos profissionais desenvolverem uma "network" poderosa desde a universidade, para conseguirem um posicionamento global no mercado de trabalho. "No seu percurso são continuamente expostos a desafios reais das empresas e realizam estágios em empresas seleccionadas, contribuindo para a sua experiência profissional. No final do programa oferecemos um serviço de gestão de carreira e recrutamento, no qual posicionamos os nossos Alumni no mercado laboral mundial", sublinha a equipa de Educação da InnoEnergy.

 

A InnoEnergy dá também aos estudantes apoio financeiro, proporcionando empréstimos para pagar o mestrado.

 

Andreia Fernandes, Portugal country manager, diz que "a InnoEnergy liga a educação às diferentes linhas de negócio". "Desde a criação e desenvolvimento de negócio, através da colaboração em teses e estágios em startups apoiadas e em projectos de inovação, numa partilha de conhecimento que nasce nas salas de aula e se propaga para o mercado da energia".


500 alunos frequentam mestrados organizados pela InnoEnergy

7 é o número de programas de mestrado da empresa, cujos alunos estão distribuídos pelas universidades parceiras na Europa.

670 alunos já completaram os mestrados da InnoEnergy, desde 2012, altura que se iniciou essa mesma formação.






Saber mais e Alertas
pub