Outros sites Cofina
Notícia

Os 45 anos no mercado fazem diferença

CESCE tem mais de 70 analistas de crédito distribuídos por vários países

15 de Maio de 2019 às 13:14
  • ...

O facto de a CESCE estar há mais de 45 anos no mercado mundial de seguros de crédito e ter mais de 70 analistas de crédito distribuídos por vários países faz toda diferença e ajuda a justificar o seu sucesso. "O nosso sistema de qualificação de risco permite-nos cobrar menos prémio por riscos melhores e cobrar mais prémio a riscos piores. Deste modo, temos uma maior margem para aceitar e conceder mais limite de risco do que as demais seguradoras", conta Rita Lacerda, acrescentando que o seguro da CESCE "cobre 95% das faturas dos clientes, tanto em mercado interno como externo, pagando as indemnizações em dois meses, ou seja, há uma ausência quase total de risco para o cliente". A CESCE também oferece aos clientes a possibilidade de contratar e fazer um seguimento em tempo real dos riscos que se vão gerando na sua carteira sem obrigação de segurar, "algo que não oferecem outras companhias".

 

No caso de Portugal, o êxito da CESCE reside no "interesse crescente no mercado internacional, que levou as empresas a procurarem instrumentos financeiros de cobertura de riscos e seguro de crédito à exportação mais completos e especializados que os oferecidos pelas entidades bancárias". A responsável da CESCE relembra que um seguro de crédito é fundamental para as empresas exportadoras e que as exportações contribuem para equilibrar a balança de pagamentos de um país. "Como tal, podemos dizer que somos uma peça-chave para a economia nacional, porque somos quem melhor conhece os mercados de exportação, por isso, somos capazes de reduzir a zero a taxa de incumprimentos." E prossegue: "Uma empresa que conte com um seguro de crédito vai incrementar as suas vendas porque a companhia seguradora dispõe de informação privilegiada que a ajudará a encontrar novos nichos de mercado e novas carteiras de clientes."

Mais notícias