Outros sites Cofina
Negocios em rede
Mais informações

C•Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do universo Cofina.
Aqui as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Notícia

Prémios dão crédito à agricultura sustentável

Pelo sétimo ano, o Crédito Agrícola e os seus parceiros mostram ao mundo que os empreendedores nacionais continuam a dar cartas na modernização dos setores agrícola, agroindustrial e florestal, que no futuro se querem mais sustentáveis, competitivos e inovadores.

18 de Fevereiro de 2021 às 09:06
Pedro Rosa, chefe de gabinete da ministra da Agricultura
Pedro Rosa, chefe de gabinete da ministra da Agricultura

A 7ª edição da cerimónia de atribuição do Prémio Empreendedorismo e Inovação do Crédito Agrícola decorreu este ano em parceria com a Rede Rural Nacional e com a estreante P-BIO – Associação Portuguesa de Bioindústria, que se juntou aos mentores principais da iniciativa.


Apesar de ter decorrido num contexto extremamente difícil, num ano de pandemia que está a deixar marcas profundas no tecido empresarial, na sociedade, na economia e nas vidas e futuro de todos nós, os empreendedores responderam com perseverança e com resiliência, com um recorde absoluto de 238 candidaturas. No total, foram distinguidos cinco projetos com um prémio de 5 mil euros e atribuída uma menção honrosa que arrecadou 2.500 euros.


O MycoExplorer, o ALBA, o GoEfluentes, o Polimax, o Stex e o Mushi comprovaram assim o contributo para os setores agrícola, agroindustrial e florestal. A estes prémios acresce a distinção Born from Knowledge - ANI, atribuida ao projeto Stex.


A edição de 2020 do Prémio focou-se na sustentabilidade, em linha com o Pacto Ecológico da Comissão Europeia, tendo privilegiado o grau de inovação, viabilidade económica e potencial de mercado dos projetos. Simão Soares, presidente da P-BIO, referiu que o número de candidaturas é um sinal de que mesmo em alturas difíceis, como a que temos vivido, é possível olhar para o futuro e acreditar que há muito espaço para inovar e melhorar.

"O Crédito Agrícola tem aqui um papel muito importante de destacar o que de bom se faz em Portugal e o que vimos aqui é uma grande vontade de criar negócios a partir destas tecnologias, desenvolvidos em Portugal, mas com um alcance global."

Mais notícias