Recuperação e Gestão de Crédito NPL em Portugal são negócio?

NPL em Portugal são negócio?

Finangeste explica a realidade dos Non Performing Loans na Europa e em Portugal.
NPL em Portugal são negócio?

Os NPL (Non Performing Loans) ou créditos em incumprimento são um problema para os bancos, quer em termos de rentabilidade, enfoque de gestão, disponibilidade de recursos para a economia, quer até em termos de imagem e reputação.

 

Existe uma grande pressão objetiva dos reguladores nacionais e europeus para a redução dos rácios de NPL através de várias soluções em que se incluem a venda a especialistas de carteiras de NPL.

 

De acordo com as estatísticas do ECB (European Central Bank), os rácios de NPL são de 3,8% na média europeia e de cerca de 12% em Portugal. No caso português, serão cerca de 18 mil milhões de euros de NPL nos bancos que reportam ao Banco Central Europeu. No entanto, no seu total admite-se que no sistema bancário as carteiras de NPL atinjam os 24 mil milhões de euros.

 

Em 2018, de acordo com a imprensa, os bancos em Portugal venderam carteiras no valor aproximado de 5,7 mil milhões de euros. Em 2019, há já alguns negócios concluídos e outros em fase final de serem realizados.

 

Na Finangeste (FG), estima-se que o volume de negócios em 2019, com a venda de carteiras de NPL, ultrapasse em valor os 5 mil milhões de euros.

 

Como obstáculos ao desenvolvimento do negócio dos NPL a Finangeste aponta: preços elevados e quebra na rentabilidade face a uma concorrência na aquisição aguerrida; funcionamento dos tribunais que têm ampliado os tempos de resposta; e funcionamento dos municípios nos processos de licenciamento que, face a um grande crescimento de solicitações, têm deteriorado o seu serviço

 

A Finangeste

 

A FG é uma "servicing platform", gerindo várias carteiras de NPL com um OBV (Outstanding Balance Value), um valor nominal superior a mil milhões de euros.

 

A FG especializou-se em "corporate single names", ou seja, NPL de grande valor e grande complexidade.

 

A FG junta a uma gestão muito especializada e de grande competência e experiência nos NPL uma equipa muito dinâmica, com visão e conhecimento da gestão de propriedades e promoção imobiliária permitindo-lhe extrair grande valor dos ativos sob gestão.

 

Neste momento, a FG gere mais de 200.000 m2 de construção em diversas localizações de Portugal.


Negócio do imobiliário da Finangeste tem crescido muito 

A Finangeste tem no seu "core business" a aquisição e a gestão de grandes carteiras de propriedades bem como a promoção imobiliária.

Esta área de negócios no universo FG tem crescido de forma exponencial nos últimos anos. A capacidade de investimento adicional em imóveis para os próximos dois anos está acima dos 500 milhões de euros.

Os imóveis são uma área privilegiada de desenvolvimento dos negócios futuros da FG.

A FG incorpora na sua estrutura três equipas dedicadas ao imobiliário em:

. Asset management
. Development
. Acquisitions




Marketing Automation certified by E-GOI