Transportes e Logística 2018 Comissão Europeia investe em infra-estruturas inovadoras

Comissão Europeia investe em infra-estruturas inovadoras

Marítimo, aéreo e terrestre: o investimento de 695 milhões de euros abrange 49 projectos inovadores e sustentáveis no sector dos transportes.
Comissão Europeia investe em infra-estruturas inovadoras

A Comissão Europeia anunciou a sua intenção de assegurar um investimento na casa dos 695,1 milhões de euros destinados a suportar "49 projectos-chave para desenvolver infra-estruturas de transportes sustentáveis ??e inovadoras na Europa em todos os modos de transporte". Os projectos em causa devem permitir a implementação de infra-estruturas com capacidade para gerar "uma maior utilização de combustíveis alternativos e de carros eléctricos", ao mesmo tempo que ajudam a impulsionar a modernização ao nível da gestão do tráfego aéreo e a desenvolver fortemente o transporte marítimo e fluvial.

 

"O nosso plano de investimento para a Europa está a ser concretizado", referiu Violeta Bulc. A comissária da UE responsável pela pasta dos Transportes explicou que os projectos devem ser financiados "através do Mecanismo Interligar a Europa", que permitirá em todo o Velho Continente "cumprir firmemente a agenda da UE em matéria de emprego e crescimento", sendo de esperar que tal desbloqueie "2,4 mil milhões de euros de co-financiamento privado e estatal".

 

De acordo com o que foi agora anunciado, o maior volume de investimento destina-se "à modernização da gestão do tráfego aéreo europeu", num total de 290,3 milhões de euros, bem assim como ao desenvolvimento de projectos inovadores e novas tecnologias para os transportes, área que arrecada 209,5 milhões de euros. A UE pretende também fomentar a modernização da rede ferroviária, ligações marítimas e portos e vias navegáveis ??interiores, financiando projectos na casa dos 103,6 milhões de euros.

 

De acordo com o documento agora divulgado, qualquer coisa como 250 milhões de euros destinam-se a projectar 26 iniciativas "dedicadas ao desenvolvimento de novas tecnologias nos transportes" no âmbito de projectos que devem promover a geração de "um Céu Único Europeu através da modernização da gestão do tráfego aéreo europeu em 23 Estados-membros da UE e da Sérvia". Devem ainda ajudar a modernizar o complexo de eclusas de Ampsin-Neuville, na Bélgica, e os portos marítimos de HaminaKotka e Leixões, este último em Portugal.

 

Conforme lembrou a Comissão Europeia, a chamada do CEF Transport SESAR (iniciada em Outubro de 2017)  tem como principal objectivo "modernizar o ATM e fornecer uma infra-estrutura de alto desempenho que permitirá a operação e o desenvolvimento seguro, eficiente e ambientalmente amigável do transporte aéreo".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI