Máquinas para acumular e interpretar dados

A relevância é um dos factores-chave no mundo digital, no qual surgem ideias como o social selling.
Máquinas para acumular e interpretar dados
André Veríssimo moderou a conversa com Cristina Veríssimo e Luís Monteiro.
David Martins
Filipe S. Fernandes 07 de dezembro de 2018 às 14:30

Luís Monteiro estava na Google e chegou ao Grupo Pestana há dois anos com a missão de "adoptar todas as ferramentas que existem de marketing digital para conseguir que a empresa que é a maior em Portugal, mas à escala internacional é média/pequena, ganhe mais escala nomeadamente no B2C".

Com 90 hotéis em 15 países e quatro marcas como as Pousadas de Portugal, Hotéis & Resorts, Collection e o CR7, o marketing digital baseia-se nas ferramentas digitais do Google, YouTube, metadados, static marketing.

"A nossa estratégia é estar presente nas três fases do funil. No mais óbvio, quando as pessoas estão à procura para fazer a reserva num hotel, e assim via search estamos presentes com a máxima cobertura, e com preços competitivos", explicou Luís Monteiro. Por outro lado, como o sector é muito fragmentado e dominado pelas online travel agencies como a booking e a expedia, que juntas, são responsáveis por dois terços das reservas online feitas no mundo, "temos também um reach que sozinhos não iríamos conseguir, e, depois somos adoptados em todas as tecnologias", diz Luís Monteiro, Chief Marketing/Digital Officer, Grupo Pestana.

A estratégia digital da Amorim Composites também se iniciou há cerca de dois ano e tem de trabalhar, com relevância diferente, 25 áreas de negócio em 90 países. É uma experiência digital de B2B, que "não tem sido muito trabalhada", refere Cristina Veríssimo, directora de Marketing e Comunicação da Amorim Cork Composites.

A essência da marca

O grupo Amorim tem cinco empresas e todas "comunicam não só os seus produtos mas as propriedades da cortiça, que é a verdadeira essência das marcas", sublinha Cristina Veríssimo. Uma das inovações foi o facto de cada elemento da equipa comercial ter de construir a sua imagem pessoal online para poder fazer o que se chama o social selling, "o marketing através do Linkedin e de outras plataformas para promover os materiais, tem sido uma evolução da transformação mas também é a forma serem os embaixadores daquilo que estão a vender", refere Cristina Veríssimo.

How to manage an International Brand
Luís Monteiro, Chief Marketing/Digital Officer, Grupo Pestana e Cristina Veríssimo, Directora de Marketing e Comunicação, Amorim Cork Composites com moderação de André Veríssimo.