Outros sites Cofina
Notícia

Paula Amorim é a 9.ª Mais Poderosa de 2019

Não parece que tenha herdado o mau feitio do pai e até garante que não é teimosa, mas continua determinada em mostrar que tem o tal “je ne sais quoi” para liderar o Grupo Américo Amorim, com a Galp e a maior corticeira do mundo à frente do pelotão de negócios, sem deixar de acelerar na sua própria “bicicleta” empresarial de luxo.

#9 - Paula Amorim
Pedro Patrício
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

E tudo mudou em 2005. Mãe de dois filhos, a quem se tinha dedicado nos últimos anos, Paula Amorim divorcia-se de Rui Alegre e dá o grito de Ipiranga financeiro. Então com 34 anos, a mais velha das três filhas de Américo Amorim não corta as amarras do grupo do pai, mas decide pedalar simultaneamente a sua própria bicicleta empresarial.

Com o olhar de soslaio de Américo, Paula pediu dois milhões de euros ao banco e comprou a Fashion Clinic. Ficou assim a saber quanto o custa ganhar. "O respeito que tenho pelo meu dinheiro, pelo dinheiro da minha mãe e do meu pai é o mesmo. É dinheiro de alguém que trabalha. Compro tudo com o meu dinheiro. Sou autossuficiente desde que tenho a Fashion Clinic", afirmou, cinco anos mais tarde.

No ano seguinte, o patriarca cria o Grupo Américo Amorim e sinaliza Paula como a sua sucessora, entregando-lhe o cargo de vice-presidente. E assim aconteceu: com a morte de Américo, em agosto de 2017, a fundadora da Amorim Luxury assume a liderança do potentado económico que sustenta a família mais rica de Portugal, com uma fortuna avaliada em cerca de 4,3 mil milhões de euros.

Paula Amorim está aos comandos de um império que, entre muito outros ativos, controla a maior empresa portuguesa, a Galp, da qual é "chairman", e a líder mundial do setor da cortiça - a Corticeira Amorim, presidida pelo seu primo António e que tem uma capitalização bolsista de 1,3 mil milhões de euros.

Também soma participações relevantes no setor bancário, nomeadamente no mundo lusófono, como no moçambicano Banco Único e no Banco Luso Brasileiro, que é agora apontado como candidato à compra do Banco Caixa Geral Brasil, a que acresce 10% no português Carregosa.


Os poderes de Paula Amorim
A carregar o vídeo ...
Nos cinco critérios do Negócios para analisar o poder, veja porque ficou Paula Amorim na 9ª posição na lista dos Mais Poderosos de 2019.

No negócio dos vinhos e enoturismo possui a duriense Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo, continuando a investir no Alentejo. Aqui, além da Herdade do Peral, de sobro, pinheiro-bravo e pinheiro-manso, desenvolve numa área de mil hectares, entre outras atividades, a cultura de sequeiro (aveia e trigo) e regadio (luzerna e milho), com cerca de 130 hectares destinados à produção de forragens que servem de alimento a mais de 800 cabeças de gado bovino.

Na área agrícola, o Grupo Américo Amorim detém, ainda, uma imensidão de explorações agrícolas nos países lusófonos em que tem atividade bancária. Em Moçambique, na região da Zambézia, participa num consórcio de exploração de cerca de duas dezenas de milhares de terra, com várias culturas, especialmente de soja, arroz e feijão.

Fui educada para trabalhar.

Não tendo eu estudado, não me passa pela cabeça que os meus filhos não estudem. Dou-lhes o meu exemplo e digo: ‘Não façam como eu!’ 

paula amorim
Presidente do Grupo Amorim ao Expresso a 9 de junho de 2018

Já na região brasileira da Baía, o grupo é dono de um extenso coqueiral com 700 hectares de área e uma produção anual de 10 milhões de cocos. Um coqueiral que que faz parte do projeto imobiliário-turístico que o grupo português está a promover na Baía - um na Praia do Forte, outro em Maraú, envolvendo 30 milhões de metros quadrados, com frente de praia de quase 10 quilómetros, que prevê a construção de três hotéis, quatro centenas de moradias, mais de mil apartamentos e campos de golfe.

Merece ainda destaque os 25% que o grupo detém na prestigiada marca internacional de roupa Tom Ford. Um ativo de luxo, matéria em que a muito "fashion" Paula Amorim tem vindo a consolidar no seio da sua pessoal Amorim Luxury, que tem como CEO Miguel Guedes de Sousa, com quem se casou, com separação de bens, em dezembro de 2012.

JNcQUOI, um luxo pessoal

A somar à rede de cinco lojas de vestuário e artigos de luxo Fashion Clinic, que faturam cinco milhões de euros anuais, tem dois restaurantes luxuosos em Lisboa - os JNcQUOI Avenida e o JNcQUOI Ásia, na Avenida da Liberdade, marca que pretende agora internacionalizar. Entretanto, aliada à francesa Vanguard, a Amorim Luxury prepara-se para assinar o contrato de compra dos ativos da Herdade da Comporta, onde pretende abrir um hotel JNcQUOI.

Paula Amorim lidera o grupo que é detido pela família mais rica de Portugal, com uma fortuna avaliada em 4,3 mil milhões de euros.
Paula Amorim lidera o grupo que é detido pela família mais rica de Portugal, com uma fortuna avaliada em 4,3 mil milhões de euros. Bruno Simão

Paula tem uma atração superlativa pelo luxo. É fanática por joias, relógios, bons hotéis, malas Birkin. E não lhe perguntem quantos pares de sapatos tem. E até se deu ao luxo de desbaratar a escola. Nascida a 20 de janeiro de 1971 no Porto, Paula Amorim abandonou cedo os estudos, quando frequentava o curso de Gestão Imobiliária na Escola Superior de atividades imobiliárias, tendo começado aos 19 anos a trabalhar no império empresarial do pai.

Quem a conhece bem garante que é responsável, independente, centrada nos seus objetivos e que tem bom gosto, mas que é vaidosa e sabe ouvir pouco. Paula odeia galinhas e não gosta de acordar cedo.


Consolida lugar no top 10
Evolução na lista dos Mais Poderosos ao longo dos anos

Com a morte de Américo Amorim, a sua sucessora na liderança do grupo ocupou, naturalmente, o lugar do pai neste "ranking" - o 12.º, em 2017, tendo no ano seguinte subido para o 9.º. Uma posição que conseguiu segurar nesta edição.