Outros sites Cofina
Notícia

Premiar a excelência em Portugal

Santander, Correio da Manhã e Jornal de Negócios vão premiar e divulgar exemplos de empresas de excelência que inspiram outras a fazer mais e melhor em Portugal.

Filipe S. Fernandes 29 de Outubro de 2021 às 14:30
  • Partilhar artigo
  • ...

Em paralelo com o Prémio, vai ser realizado um ciclo de talks, até fevereiro de 2022, alinhadas com as categorias do Prémio: agricultura, turismo e serviços, inovação, tecnologia e indústria e sustentabilidade e economia social.

O "Prémio Portugal Inspirador | Empresas que contam para o país" é uma iniciativa que pretende dar visibilidade e reconhecimento e prestigiar as empresas, nacionais ou estrangeiras, que atuam em território nacional e que se destacam pela sua capacidade de criar emprego, dinamizar o mercado, inovar, potenciar o desenvolvimento económico e que, globalmente, mais contribuem para o crescimento da economia nacional.

"Se tem uma boa história, deve contá-la para poder ser reconhecida, porque nós, portugueses, temos dificuldade em reconhecer o que há de bom no país. O reconhecimento de uma empresa através de um júri independente, conhecedor do setor, é importante. Haverá prémios para as melhores empresas, mas também para os gestores. Por outro lado, as melhores empresas têm uma responsabilidade e obrigação social que é de inspirar. Se é uma boa história e de sucesso, há a obrigação de poder inspirar o resto do país e puxar o país para cima", afirmou Pedro Castro e Almeida, presidente da Comissão Executiva do Santander Portugal Santander Portugal.

O Santander, o Jornal de Negócios, o Correio da Manhã e a CMT V têm como grande objetivo premiar e divulgar exemplos de empresas de excelência que inspiram outras a fazer mais emelhor em Portugal, cabendo a uma consultora externa, como knowledge partner, a responsabilidade pela metodologia e pela preparação dos dados de empresas, apoiando o trabalho do júri e o processo de tomada de decisões.

Temáticas e categorias

Este prémio é composto de quatro temáticas e distinguirá três categorias em cada uma delas. As temáticas são constituídas por quatro grandes áreas: agricultura, turismo e serviços, inovação, tecnologia e indústria e sustentabilidade e economia social.

Em cada uma das temáticas são consideradas três categorias de distinção: PME, Grande Empresa e Personalidade. Nas categorias PME e Grande Empresa, os prémios têm por base os dados fornecidos por uma consultora externa.

Nas categorias PME e Grande Empresa, o júri designará um vencedor e duas menções honrosas. A categoria Personalidade será da inteira e exclusiva responsabilidade do júri. Este, por sua vez, reserva-se o direito de não atribuir quaisquer distinções, sempre que considere não haver matéria relevante que o justifique.

Em paralelo com o Prémio, vai ser realizado um ciclo de talks, até fevereiro de 2022, alinhadas com as categorias do Prémio: agricultura, turismo e serviços, inovação, tecnologia e indústria e sustentabilidade e economia social.

Processo de seleção

No conjunto das temáticas e categorias do prémio, as empresas candidatas serão identificadas de duas formas. A primeira através de nomeações específicas de empresas identificadas pelas partes envolvidas na organização do Prémio Portugal Inspirador, nomeadamente o júri e a consultora externa. A segunda por meio de candidaturas espontâneas por parte das empresas, devendo para tal preencher e enviar o formulário de candidatura, disponível no site do Prémio Portugal Inspirador.

O resultado final de nomeações será avaliado pelo júri, com base num caderno elaborado pela consultora externa para cada uma das empresas. Cada caderno deverá, com base em informação pública disponível para cada empresa, fornecer os seguintes dados quantitativos e qualitativos: indicadores económico-financeiros, geração de emprego, investimento em investigação e desenvolvimento, caráter inovador, presença internacional, rationale da internacionalização e estratégia adotada, eficácia e rapidez na consecução dos objetivos e outra informação relevante para a tomada de decisão.

Critérios de exclusão

Serão excluídas da análise do júri todas as empresas que tenham incidentes não justificados ou incumprimentos junto da banca; não tenham, à data da análise, a situação regularizada junto da administração fiscal e da Segurança Social. Empresas do mesmo grupo económico não poderão ser distinguidas na mesma edição.

Premiar a economia e as empresas nacionais A entrega dos prémios realizar-se-á no contexto de uma cerimónia de gala. As empresas vencedoras de cada categoria, em cada temática, receberão, no âmbito do Prémio um troféu; uma página de conteúdos sobre a empresa, a publicar no Jornal de Negócios e Correio da Manhã; um vídeo promocional da empresa, no âmbito do Prémio Portugal Inspirador que passará em prime time na CMTV e na Negócios TV.

Será realizada uma vasta cobertura do evento e dos distinguidos, o que se traduz numa forte difusão e amplificação mediática destas empresas.