Luís Mergulhão: Está a ser criada uma nova forma de comunicar

Com a transformação digital "é importante compreender para onde se dirigem os mercados e guiar as empresas pela complexidade de interligações entre tecnologia e comunicação", refere Luís Mergulhão.
Luís Mergulhão: Está a ser criada uma nova forma de comunicar
Para Luís Mergulhão, CEO da Omnicom Media Group, é importante reflectir sobre a transformação digital no marketing.
DR
Filipe S. Fernandes 25 de outubro de 2018 às 13:30
Para Luís Mergulhão, CEO da Omnicom Media Group em Portugal, o FUTURA - Boosting Digital Marketing tem como principal objectivo "dar voz à indústria, e aos anunciantes e marcas que são os protagonistas". Mas é importante alargar a discussão a outros pontos de vista como Don Tapscott, Neil Patel, Ari Wallach, que são três dos seis keynote speakers previstos para este evento, que se vai realizar no Four Seasons Hotel Ritz, em Lisboa, a 29 e 30 de Novembro de 2019. Apaixonado por arte, Luís Mergulhão é um dos mais experientes gestores de empresas na área da publicidade e do marketing, tendo passado também pelo Instituto Português de Cinema e pela Tóbis Portuguesa.

Como é que nasceu a ideia, como é que se construiu o programa?
A ideia surgiu da necessidade de fazer um grande evento em Portugal dedicado ao marketing e em particular às exigências que a transformação digital está a impor às empresas e às marcas, e que as colocasse de novo no centro da reflexão e debate, algo que já não acontece há anos.

Aquela transformação afecta toda a cadeia de valor, do desenvolvimento de produto ao pós-venda, e obriga à introdução de novas disciplinas no marketing. Por isso é importante criar estas oportunidades de reflexão, também (e de novo) com a presença de especialistas internacionais, que nos trazem a sua visão e experiência de outros mercados. Igualmente importante é proporcionar o debate e a partilha de casos entre os principais anunciantes e marcas portuguesas. No fundo, criar algo a que valha a pena ir e participar nos seus dois dias de trabalhos.

Quais são os principais objectivos da conferência?
O principal objectivo é dar voz à indústria, e aos anunciantes e marcas que são os seus protagonistas. O desafio em que nos propomos colaborar é o de explorar as diversas soluções que as marcas estão a desenvolver para se adaptarem às alterações no consumo, impostas pela tecnologia. São inúmeros os pontos de contacto com o consumidor que exigem resposta e que estão a criar uma nova forma de comunicar.

A ambição de tornar os data accionáveis, a comunicação em rede, a inteligência artificial na tomada de decisões, são alguns exemplos de questões que vêm introduzir uma nova linguagem, que tem de ser descodificada, e também uma série de desafios de acção a que é imperativo dar resposta no contexto concreto português.

Qual é a importância de uma reflexão sobre o marketing digital?
É consensual que a tecnologia evolui mais depressa do que a capacidade de adaptação das organizações. O esforço contínuo de adaptação das marcas na sua relação com o consumidor implica a introdução de novas disciplinas de decisão afectas ao marketing. O controlo da cadeia de valor da comunicação digital é entendido hoje como um dos maiores desafios na credibilização dos meios tecnológicos.

Mas são conceitos complexos como people data, Internet of Things, cloud, inteligência artificial, blockchain, que estão a dominar as conversas e a absorver recursos. Por isso consideramos que é importante criar condições para um diálogo transparente que permita compreender para onde se dirigem os mercados e guiar as empresas pela complexidade de interligações entre tecnologia e comunicação.

Quais foram as principais transformações digitais no marketing e quais são as principais tendências?
A principal transformação está na forma como hoje o consumidor se relaciona com a tecnologia, e que tem uma implicação directa na comunicação das marcas, no processo de decisão de compra e no de-senvolvimento de mecanismos de fidelização.

Alguns exemplos desta transformação são a capacidade de processamento e activação de data, a automatização dos processos de decisão de compra, a introdução de algoritmos para criação de audiências, associados à transparência, à fiabilidade da informação e à importância de medir resultados de negócio em tempo real. O contributo dos meios tecnológicos passa pela capacidade de coordenar e transformar plataformas em ferramentas úteis e accionáveis. 

tome nota

O que é o Futura Boosting Digital Marketing 

Já são conhecidos os keynote speakers: Don Tapscott, Neil Patel, Ari Wallach. A confirmação dos restantes oradores está em processo. Neste momento, está confirmada a presença de Luís Mergulhão, CEO da Omnicom Media Group, Luís Santana, administrador da Cofina, Ana Paula Marques, administradora executiva, da Nos, Ana Sofia Vinhas, directora de comunicação e de marca da EDP, Inês Drummond Borges, directora de marketing da Worten, João Epifânio, CSO da Altice, Luís Domingues, director de marketing da FCA, Manuel Paula, director de marketing do El Corte Inglés, Miguel Magalhães Duarte, director de comunicação do Millenniumbcp, Mónica Serrano, CMO da L'Oréal, Sérgio Miguel Santos, director coordenador da área de banca digital, BPI, Vicente Moreira Rato, director de marketing de retalho do Novo Banco, Vitor Pereira, director de Desenvolvimento de Negócios, Produtos, CRM e Marketing do Bankinter Portugal, e André Veríssimo, director do Jornal de Negócios.

Estão previstas seis mesas-redondas com os seguintes temas: The Trend is Our Friend; Digital Rules?; The Customer Experience in Banking; Brands Accelerating in Marketing; House of Brands: How to Successfully Manage a Brand Portfolio; How to Manage an International Brand. 



Onde e quando
Realiza-se no Four Seasons Hotel Ritz, em Lisboa a 29 e 30 de Novembro.

Bilhetes preços especiais até 31 de Outubro de 2018
Bilhete Standard custa 850 euros + IVA, entrada nos 2 dias do evento, coffee breaks, welcome kit, acesso a conteúdos exclusivos do encontro e uma assinatura semestral digital do Jornal de Negócios; Bilhete VIP custa 2.300 euros + IVA, entrada nos 2 dias do evento, coffee breaks, check-in e welcome kit VIP, acesso a conteúdos exclusivos do encontro, acesso às sessões privadas, com Don Tapscott e com Neil Pattel, jantar privado com Don Tapscott e almoços privados com Neil Pattel, Ari Wallach e oradores e uma assinatura anual digital do Jornal de Negócios; Pack Empresas Custa 9.000 euros + IVA e dá direito a 11 Bilhetes Standard, 1 Bilhete VIP e 12 Assinaturas anuais digitais do Jornal de Negócios.

Onde comprar
O bilhete pode ser adquirir no site www.futuradigitalmarketing.com
Informações pelo telefone 210 494 905.





Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI