A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícia

Ulrich: dizer que banca para 15% de IRC é "parte de uma mentira"

Fernando Ulrich afirmou hoje que a contribuição do BPI, em termos de impostos, varia entre 30% e 50%.

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Fernando Ulrich, presidente do BPI, afirmou hoje que dizer que os bancos em Portugal só pagam uma taxa de imposto efectiva de 15% é “parte de uma mentira”.

“A taxa de 25%, agora é superior, é igual para todos. O sector empresarial não paga 25% efectivamente, essa discussão é uma mistificação total, as regras aplicadas aos bancos não têm nenhuma vantagem”, afirmou o presidente do BPI no Hora H do Negócios.

“Digam-me qual é a empresa tão escrutinada em Portugal como os bancos”, questionou Fernando Ulrich, lembrando que “os bancos pagam IRC, pagam para a CAFEB, que não contribui em nada para as prestações sociais dos bancários” e além disso “os bancos pagam IVA e quase não o recuperam, pois os serviços bancários não cobram IVA”.

Ulrich afirmou ainda que “a contribuição do BPI, em termos de impostos varia entre 30% e 50%” e que “o sector que teve agora um imposto especial foi a banca, e não há razão nenhuma” para isso.
Mais notícias