Outros sites Cofina
Notícia

Apostar em ativos com grandes oscilações

Como é um jogo que dura quatro semanas, Capicua, como se intitula no passatempo a vencedora da segunda semana, opta por “investir” em ativos com “grandes oscilações diárias/semanais”. Não é estreante nestas andanças, ambicionando aprender e ganhar.

Negócios 03 de Dezembro de 2020 às 12:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Joga com o nome de capicua. Ana Paula Raimundo, de Setúbal, trabalha no sistema financeiro e foi a vencedora da segunda semana do Jogo da Bolsa de 2020. Na segunda semana conseguiu, face à primeira, uma valorização do portefólio de 87,6%, fechando a semana com um valor de carteira de 141.861,23 euros. E assim ficou na primeira posição nessa segunda semana.

Ao Negócios, Ana Paula Raimundo, ou capicua, revela que não é a sua estreia no Jogo da Bolsa. "Não é a primeira vez que concorro, já participo há muitos anos", diz, por escrito ao Negócios, explicando que "gosto muito destas iniciativas ligadas aos mercados financeiros e à possibilidade de ‘investir’ sem correr risco".

A ambição para o jogo, assume, é a mesma todos os anos: "Participar para aprender com o objetivo de ganhar!" Para já, ganhou a segunda semana, o que a habilita a receber um cheque-cartão da Radio Popular no valor de 250 euros.

87,6%Valorização
Na segunda semana, Capicua conseguiu uma valorização da carteira de 87,6% face à primeira, garantindo a posição semanal cimeira. 
No jogo, Ana Paula Raimundo tem um futuro ligado ao petróleo como um dos ativos onde mais tem investido. E confessa ao Negócios: "A minha preferência é sempre por CFD sobre índices ou ‘commodities’", mas, "como este jogo dura apenas quatro semanas e a concorrência tem sido forte, tive de optar por ativos com grandes oscilações diárias/semanais".

Uma aposta que deu frutos na segunda semana.

O vencedor da primeira semana, que se identifica como Osho2020, também não é estreante nestas andanças. O segurança do Porto já participou em edições anteriores, tendo em 2018 chegado mesmo ao terceiro lugar, com uma valorização da carteira acima dos 300%, até aos 406 mil euros, mas acabou por não ser elegível ao prémio por não ter cumprido a regra de investir em todos os ativos. "Para ganhar, aposto em coisas muito arriscadas", explicou, na altura, ao Negócios, revelando que gosta do mercado de petróleo por ser "mais agressivo". O segurança já tinha, antes desse ano, conquistado três prémios.



JOGO DA BOLSA16 de novembro a 11 de dezembro
O Jogo da Bolsa já está no terreno e termina a 11 de dezembro. As diversas classificações serão divulgadas nos dias úteis no site jogodabolsa.jornaldenegocios.pt e na versão impressa do Jornal de Negócios. Até ao final da iniciativa estas classificações serão sempre provisórias e poderão ser alvo de correções.

Todos os dias é retirada uma classificação provisória da Classificação Global, da Classificação Universitária e da Classificação Universo ISCTE Business School, que é divulgada no dia seguinte também no jornal impresso. Às terças-feiras é divulgado o vencedor semanal. O Jogo da Bolsa 2020 é um passatempo organizado pelo Negócios em parceria com a GoBulling e com o ISCTE Business School, e ainda o apoio do Caldeirão de Bolsa. 
Mais notícias