Outros sites Cofina
Notícia

Balanço do “Jogo de Bolsa”

Na edição deste ano também se destacou o facto da média das idades ter sido inferior, o que poderá auxiliar a entender a utilização de ferramentas como produtos financeiros complexos e a menor aversão ao risco.

Negócios 16 de Dezembro de 2019 às 14:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O evento deste ano, apesar de um número de inscritos inferior à média dos anteriores anos, conta com um maior interesse e uma taxa de participação superior, ou seja, estarão a participar os que possuem maior enfoque em temas de investimento, poupança e negociação o que enriquece mais o evento tornando-o mais concorrencial.

Como sempre existe uma seriação e escala dos que conseguiram obter um maior valor de conta utilizando obrigatoriamente um diversificado conjunto de instrumentos, mas este ano tivemos diversos vencedores se não aplicarmos apenas a lógica da classificação, que pessoalmente são os que mais aprecio e considero: participantes que geraram e reforçaram competências de investimento, referindo-me à sagacidade do participante em acompanhar as variações de sentimento e da direção do sentido dos preços, serem consistentes e disciplinados com a sua estratégia, o que constitui um conjunto de valores relevantes que norteiam qualquer gestor de ativos de excelência.

Da participação neste evento deverão ter resultado bons e maus resultados o que constitui uma boa preparação para o que é essencial na vida da maioria dos seres discentes: ter capacidade para capitalizar as valências pessoais em selecionar ativos, avaliar desempenhos e reconhecer os pontos fortes e fracos das virtuosidades para se gerirem as finanças pessoais. Este deverá ser o principal resultado de todos porque no presente contexto de baixas e negativas taxas de juros durante um perspetivado longo prazo, teremos de ser mais competentes a capitalizar certas realidades e delegar em terceiros a valorização patrimonial exposta a diferentes cenários que não dominamos (exemplo: como acompanhar histórias e realidades das principais economias que decorrem quando estamos em período de descanso diferente do nossos fuso horário e com idiomas muito diferentes do ocidental?!).

O recalibramento da ordem mundial com deslocação da relevância da geografia mundial do ocidente para o oriente e que comporta uma relevante alteração de paradigma em diversos patamares para investidores particulares, institucionais, "profissionais", "não profissionais", "qualificados" e "não qualificados". A tecnologia também carrega desafios, mas promete tornar ainda mais interessante o ecossistema financeiro e bancário, propiciando experiências mais enriquecedoras às atividades de investimento nas suas diversas vertentes, mas sobretudo nas ofertas equivalentes às plataformas eletrónicas ou online recorrendo a mais instrumentos financeiros como Fundos de Investimento, numa perspetiva de perfis e asset allocation, e que também vão propiciar experiências igualmente enriquecedoras e estimulantes.

Na edição deste ano também se destacou o facto da média das idades dos participantes ter sido inferior à dos outros anos o que poderá auxiliar a entender o maior recurso e facilidade de utilização de ferramentas como produtos financeiros complexos e a menor aversão ao risco, provavelmente aqui também estimulado pelo menor recurso aos tradicionais produtos financeiros bancários que as atuais gerações não se acomodaram a utilizar e que abre mais a capacidade para enfrentar novos desafios e a racionalizar um investimento em diferentes dinâmicas produzidas por instrumentos de risco, seja para proteção (ou hedge) de carteira ou para alavancagem de resultados.


JOGO DA BOLSA

18 de Novembro a 13 de Dezembro

As classificações do Jogo da Bolsa são atualizadas diariamente. Em primeiro lugar, um top é publicado no Negócios e às 14 horas a listagem total é publicada no Jornal de Negócios Online. Para o efeito, todos os dias é retirada uma classificação provisória da Classificação Global, a Classificação Universitária e da Classificação Universo ISCTE Business School. Depois, todas as terças-feiras, é divulgado o vencedor semanal.



*João Queiroz, diretor de banca online do Banco Carregosa
Mais notícias