Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

InfiniteBook: “Quem tiver mais paciência é quem vai ganhar”

Em cinco anos, a InfiniteBook já passou há muito as fronteiras de Viseu e terminará o ano com cerca de meio milhão de euros de faturação e setenta mil cadernos reutilizáveis vendidos.
InfiniteBook: “Quem tiver mais paciência é quem vai ganhar”
“Somos um misto de tecnologia com papelaria” e “esse é um mundo que está parado, diz o fundador da InfiniteBook.
Maria Ana Barroso Nuno André Ferreira - Fotografia 30 de outubro de 2019 às 13:30

Em 2014, Pedro Lopes, um jovem de 17 anos de Viseu, teve a primeira ideia para um caderno que fosse uma espécie de versão portátil, tamanho A5, de um quadro branco de escola. Setenta mil unidades vendidas depois, a InfiniteBook vai

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI