A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícia

O que ter em conta na hora de contratar uma operadora de telecomunicações?

A conta com as telecomunicações pode ser expressiva. Mas há como poupar na fatura mensal.

Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 31 de Outubro de 2019 às 16:00
Bloomberg
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os contratos de fidelização por dois anos têm sido a forte aposta das operadoras. E para os consumidores acaba por ser a modalidade mais vantajosa financeiramente. Mas apesar do vínculo por 24 meses, não quer dizer que não seja possível poupar durante esse período.

O primeiro cuidado a ter para alcançar poupanças mensais na fatura das telecomunicações começa na escolha do operador. Olhar para a lista de contactos, principalmente daqueles mais regulares, e ver qual o operador que se destaca pode vir a compensar uma vez que as empresas do setor costumam ter chamadas mais baratas, ou até minutos gratuitos, entre clientes da mesma rede.

Depois, também é preciso ter em conta detalhes como o tipo de utilização da internet. Caso seja para aceder apenas ao correio eletrónico ou redes sociais não será necessário ter a mesma velocidade para consumo de serviços de "streaming", por exemplo. Além disso, também convém perceber os hábitos de consumo de televisão e se irá usufruir dos cerca de 120 canais que, em média, os pacotes base dos operadores disponibilizam.

Após a recolha destas informações, arranje tempo e paciência e tente negociar com os operadores um plano adequado às suas necessidades. E isto não se aplica apenas a novos contratos. Mesmo que esteja a decorrer o período de fidelização, é possível renegociar. Por isso, outra das regras de ouro é estar sempre atento à concorrência para poder ter mais argumentos na hora de negociar. E aqui também se inclui acrescentar serviços ao pacote contratado, como o telemóvel.

Por norma, ao juntar os serviços no mesmo contrato conseguem-se poupanças. Por essa razão, outro dos passos que pode dar para no futuro poupar é comprar telemóveis desbloqueados. Isto porque pode mudar de operador quando quiser sem ter de trocar de equipamento ou pagar pelo desbloqueio.

Por fim, para evitar surpresas convém estar atento ao consumo de dados móveis. Os tarifários preveem limites de minutos para chamadas bem como para navegação na internet que, ultrapassados, são cobrados a um preço superior. Por isso, convém controlar o consumo de dados sempre que for possível e seguro usar redes wi-fi.

Mais notícias