Premiar o melhor que se faz na saúde

Já são conhecidos os 15 finalistas da oitava edição do Prémio Saúde Sustentável, uma iniciativa que pretende divulgar e premiar os projetos implementados por equipas de vários organismos para melhorar a saúde dos portugueses.
Premiar o melhor que se faz na saúde
Pedro Ferreira
João D'Espiney 25 de outubro de 2019 às 14:00
A oitava edição do Prémio Saúde Sustentável está a entrar na fase decisiva. O júri já selecionou os 15 finalistas entre os mais de 100 projetos que se candidataram a esta iniciativa conjunta do Negócios e do laboratório farmacêutico Sanofi destinada a premiar o que de melhor se faz pela saúde em Portugal.

A partir desta sexta-feira, 25 de outubro, o Negócios vai começar a dar a conhecer cada um dos projetos que poderão vir a ser galardoados na cerimónia que se irá realizar no dia 21 de novembro na Fundação Oriente.

Nesse dia, irá decorrer também a conferência "eHealth Revolution", em que serão debatidos os grandes desafios e oportunidades que a era digital representa para o setor.

O Prémio Saúde Sustentável, que conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República, é uma iniciativa orientada para a divulgação de boas práticas da sustentabilidade da saúde em Portugal.

Num momento em que o setor atravessa momentos conturbados por várias razões, nomeadamente o subfinanciamento crónico do sistema, esta iniciativa visa premiar as equipas das instituições que implementam projetos que resultam numa melhor prestação de cuidados e levam a ganhos de saúde, além de otimizarem o funcionamento das próprias estruturas.

A esta iniciativa concorreram várias entidades, individuais ou coletivas, públicas, privadas ou do setor social, prestadoras de cuidados de saúde primários, hospitalares e continuados, farmácias, associações, entre outras.

O Prémio Saúde Sustentável inclui cinco categorias, sendo que três delas visam reconhecer entidades que se tenham destacado nos Cuidados de Saúde Primários (centros de saúde); Hospitalares (em que se incluem unidades, departamentos e/ou serviços hospitalares); e Cuidados Continuados.

Há ainda a categoria Prevenção e Promoção da Saúde, que se destina a entidades que tenham realizado ações com vista à promoção da saúde e prevenção da doença, com resultados demonstrados.

A quinta categoria, Prémio Saúde Sustentável – Projetos Especiais Integrados, pretende premiar as entidades que tenham atuado nos domínios da integração de cuidados ou entidades que, não se enquadrando em nenhuma das três tipologias assistenciais acima referidas, tenham desenvolvido uma atuação relevante nas diferentes dimensões da sustentabilidade na saúde.

Serão ainda atribuídas cinco Menções Honrosas – Contributos para a Sustentabilidade aos candidatos que, independentemente da categoria em que se enquadram, apresentam o contributo mais inovador em cada um dos critérios/dimensões da sustentabilidade – Prémio Personalidade.

Finalmente, será atribuído o Prémio Personalidade Saúde Sustentável, que visa distinguir a personalidade com maior destaque e relevo na promoção de práticas sustentáveis na saúde.



Os oradores da conferência
O vice-presidente para a área de Clientes Globais da Google, Pedro Pina, será um dos oradores da conferência "eHealth Revolution", que pretende dar resposta a questões como "para onde caminhamos?" "e como viveremos num mundo cada vez mai virtual ?". No final, irá decorrer uma mesa-redonda com os ex-ministros da Saúde, Adalberto Campos Fernandes e Maria de Belém Roseira, o economista José Mendes Ribeiro, o professor na Escola Nacional de Saúde Pública, Julien Perelman, e o vogal executivo do Conselho de Administração dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), Artur Mimoso. A entrada é livre mas sujeita a inscrição prévia.

Os membros do júri
O Júri do Prémio Saúde Sustentável é constituído por personalidades relevantes do meio empresarial, académico e político da sociedade portuguesa.

Presidente honorário:
Jorge Sampaio, ex-Presidente da República

Membros do júri
- Adalberto Campos Fernandes, Professor da Escola Nacional de Saúde Pública, ex-ministro da Saúde
- André Veríssimo, Diretor do Jornal de Negócios
- Alexandre Lourenço, Presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares
- Francisco Del Val, Diretor-Geral da Sanofi Portugal
- Ana Paula Martins, Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos
- António Couto dos Santos, vice-presidente comissão Saúde
- Heitor Costa, Diretor Executivo da Apifarma
- José Biscaia, Coordenador Nacional para a Reforma Cuidados Saúde Primários
- José Mendes Ribeiro, Membro do Conselho Estratégico do Centro Académico Clínico de Coimbra
- Julian Perelman, Coordenador da Estrutura de Missão para a Sustentabilidade do Programa Orçamental da Saúde
- Manuel Lemos, Presidente da União das Misericórdias Portuguesas
- Maria Antónia Almeida Santos, Deputada, vice-Presidente da Comissão de Saúde
- Maria de Belém Roseira, Ex-Ministra da Saúde
- Maria do Céu Machado, Presidente do Infarmed
- Miguel Guimarães, Bastonário da Ordem dos Médicos
- Paulo Duarte, Presidente da Associação Nacional das Farmácias
- Teresa Caeiro, Deputada



pub

Marketing Automation certified by E-GOI