Outros sites Cofina
Notícia

"Toda a gente se mistura com toda a gente"

A forma como promove o convívio e a simpatia dos empregados são duas das características que distinguem o Yes! Lisbon Hostel, garantem turistas que ali se alojaram. Mais de quatro mil pessoas elegeram-no o melhor do mundo.

Maria João Gago mjgago@negocios.pt 29 de Agosto de 2013 às 00:01
Bruno Simão/Negócios
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A meio da manhã, a sala de convívio e de refeições do Yes! Lisbon Hostel está repleta. Da rua vêem-se os sorrisos dos jovens turistas, imaginam-se conversas sobre lugares imperdíveis em Lisboa e trocas de experiências únicas na capital mais ocidental da Europa. Cá fora há uma hóspede de traços asiáticos a fumar o primeiro cigarro da manhã. Acabou de acordar e a última coisa que lhe apetece é explicar porque é que, no seu entender, o hostel que escolheu para pernoitar em Lisboa foi considerado o melhor do mundo pelos utilizadores do site de reservas HostelWorld.com.

Pelo contrário, Susan (nome fictício), 23 anos, Jessica, 25, e April, 25, saem do hostel cheias de energia para explorar a cidade. Vieram de países localizados em três continentes diferentes – Inglaterra, Austrália e Canadá – e conheceram-se nas últimas 24 horas. São o mais recente caso de sucesso daquilo que o Yes! promete oferecer aos clientes: "Viajas sozinho? Não te preocupes, conhecerás muita gente nos nossos eventos e na nossa acolhedora sala comum", lê-se no site do melhor hostel do mundo, que apenas disponibiliza informação em língua inglesa.

Para Susan, "a sala de convívio, onde toda a gente se mistura com toda a gente", é uma das razões para este ser o hostel de eleição para mais de quatro mil viajantes que ali ficaram em 2012. "Parece mais uma casa", resume a designer. A promoção do contacto entre turistas solitários passa também pelos "jantares de família" organizados pelo Yes! e que, para Jessica, merecem ser assinalados. A "simpatia" dos empregados e a localização "central", referidas por April, são outros motivos para a satisfação deste trio de amigas recentes.

Mas também se pode sair deste hostel após uma primeira noite de sono sem ter feito amigos de outras nacionalidades. Ao contrário da ensonada turista de traços asiáticos, Kristen, 26 anos, que veio de Toronto, no Canadá, parece ter acordado há horas. Chegou a Lisboa na véspera e está pronta para palmilhar a cidade à procura dos recantos escondidos. A jovem professora primária sabe porque é que o Yes! Lisbon Hostel é o melhor do mundo. "Tem as pessoas mais simpáticas que já encontrei. Conhecem muito bem a cidade e têm muito orgulho nela", sublinha. As ofertas especiais de bebidas, a cozinha, "pequena mas asseada", são outras das características que Kristen destaca e que pretende aproveitar nos três dias que vai ficar em Lisboa.

A canadiana parte sozinha à descoberta de Lisboa, tal como aconteceu poucos minutos antes com Emma, uma americana de 23 anos. Acabou de aterrar em Lisboa, depois de 24 horas de viagem, e já está equipada para um dia como turista profissional: sapatos de desporto e garrafa de água prometem uma jornada confortável. Ainda esteve poucos minutos no Yes!, mas sabe porque é que escolheu este hostel para se alojar durante duas noites: "as boas críticas, as fotografias do site e os eventos sociais". O conceito assumido pela gestão do hostel parece acertar em cheio nas expectativas dos viajantes e tem rendido distinções no HostelWorld.com desde 2011.

Mais notícias