Se não consegue visualizar correctamente este e-mail, clique na versão online..
Negócios
5 COISAS
QUE PRECISA DE SABER PARA COMEÇAR O DIA
Quarta-feira, 14 de novembro de 2018
Facebook Twitter Google + LinkedIn
Esta terça-feira termina o prazo dado pela Comissão Europeia a Itália para apresentar uma nova proposta do Orçamento para 2019.

Termina prazo para Itália apresentar nova proposta de Orçamento

O governo italiano apresentou uma proposta de Orçamento que foi recusada pela Comissão Europeia, numa decisão inédita. O comissário europeu para os Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, afirmou na altura que as metas assumidas pelo Executivo italiano representam um "desvio claro e assumido".

 

Foi assim dado um novo prazo para que Itália apresentasse uma nova proposta e que termina esta terça-feira, 13 de Novembro. O ministro italiano, Giovanni Tria, tem reiterado que o projecto orçamental transalpino "não vai mudar" e tudo aponta para que o govermo transalpino não baixe a sua meta de 2,4% para o défice.

 

Sonaecom reage às contas dos primeiros nove meses

A Sonaecom lucrou 70,5 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, quase triplicando os perto de 25 milhões de euros um ano antes. A justificação tem a ver com os 57,8 milhões de euros garantidos à Sonaecom pela distribuição de capital da Armilar Venture Partners decorrente da última ronda de financiamento da Outsystems. Sem o impacto desse recebimento, os lucros referidos como directos atingiram 22,8 milhões de euros, um crescimento de 26% face aos 18,1 milhões um ano antes. A cotada liderada por Ângelo Paupério estará hoje a reagir a estas contas, reportadas na segunda-feira após o fecho da bolsa nacional.

 

Lá fora, a apresentação de resultados também prossegue a bom ritmo e hoje será a vez de empresas como a Home Depot, Bayer, Vodafone, Mitsubishi e Samsonite.

 

Apple arrasta tecnológicas para o vermelho

Os desaires da tecnológica liderada por Tim Cook continuam. Dois dos seus fornecedores de componentes reviram em baixa as estimativas para os respectivos resultados, o que indicia um menor volume de vendas de iPhones e fez cair a cotada da maçã em bolsa.

 

Os índices de Wall Street estiveram também a ser pressionados pelas principais tabaqueiras norte-americanas, depois de ter sido noticiado que o regulador da saúde nos Estados Unidos contempla a possibilidade de proibir a venda de cigarros de mentol. Também a General Electric e Goldman Sachs castigaram as bolsas dos EUA na sessão de ontem.

 

Dados económicos e relatório petrolífero em foco

Por cá, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga o índice de preços no consumidor em Outubro. No resto da Europa, destaque também para para os dados do emprego no Reino Unido e para a inflação na Alemanha – e ainda para os números de Novembro do índice ZEW, que mede a confiança dos investidores alemães (anterior: 70,1 pontos; estimativa: 65,0 pontos).

 

Hoje será também dia de a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) publicar o seu relatório mensal sobre o mercado petrolífero.

 

Cimeira da ASEAN e o futuro da Europa

Começa hoje em Singapura a 33.ª Cimeira da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), onde estarão presentes os líderes dos 10 países membros do bloco, bem como da China, EUA, Japão e Rússia. O evento decorre até dia 15.

 

Outro evento em destaque esta terça-feira é a presença da chanceler alemã, Angela Merkel, no Parlamento Europeu, em Estrasburgo, para falar sobre "O futuro da Europa". Mais tarde, Merkel discursará também na conferência do Sueddeutsche Zeitung, em Berlim.

 


RECEBA O NEGÓCIOS POR EMAIL
PUB
As últimas notícias de mercados
Wall Street cai com petróleo a ofuscar ganhos das tecnologias e optimismo comercial
Petróleo em queda livre afunda mais de 8%. Brent cai para 65 dólares
Fecho dos mercados: Petróleo afunda, libra dispara e bolsas recuperam
PSI-20 recua em contraciclo com Europa e com Galp a perder mais de 4%
VER MAIS ASSINAR
FALE CONNOSCO
DEFINIÇÕES
PORTFOLIO