Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN
António José Teixeira
António José Teixeira 28 de dezembro de 2018 às 11:28

Quase tudo cheira a falso e tóxico

Os balanços e perspectivas mostram tempos aziagos. À incerteza soma-se revolta. A política hipotecou o sonho e nem sequer sobra uma qualquer ilusão de grandes progressos. A democracia desvaloriza-se ao ritmo de um pragmatismo de fraca convicção na liberdade e no bem comum. Que não se perca o sentido crítico.

2018. Olhando para o espelho retrovisor, 2018 não deixa saudades. Em Portugal, foi um ano quezilento envolto em casos e protestos. As finanças públicas melhoraram, o investimento também, as agências

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês
Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI