António José Teixeira Os de cima terão muito a perder 07.12.2018 António José Teixeira
Há um descontentamento generalizado em boa parte do mundo ocidental, uma frustração continuada com os de cima, um descrédito dos do costume. Destruiu-se uma classe média, que assegurava alguma harmonia social e foi empurrada para as periferias. Desapossada de protecção e de representação, não contém a revolta.
António José Teixeira Sem autonomia não há liberdade 30.11.2018 António José Teixeira
Raymond Aron dizia que é preciso respeitar os factos e respeitar os argumentos dos outros. Princípios elementares para uma convivência pacífica e democrática. Também para um realismo de acção política que saiba ser claro e útil. Comemoram-se aniversários enquanto se aprova o deve & haver. Propaganda a mais para pouca clareza.
António José Teixeira Um mundo imbuído de veneno 23.11.2018 António José Teixeira
«Tóxico» é a palavra do ano para o Dicionário de Oxford. Sintomática. Há demasiado veneno à solta. Medo e raiva contaminam relações e escolhas. Campo fértil para populistas, que se multiplicam com o patrocínio de Steve Bannon, um agitador apostado na divisão europeia.
António José Teixeira Algoritmos ameaçam o livre-arbítrio 09.11.2018 António José Teixeira
O admirável mundo das tecnologias e dos algoritmos tem tanto de libertador como de ameaçador. Há quem diga que estamos a ser colonizados pelas empresas tecnológicas. O controlo dos dados pessoais é o cerne dos novos poderes. É preciso consertar a web, disse o seu fundador em Lisboa.
António José Teixeira Lula perdeu e o Brasil também 02.11.2018 António José Teixeira
Um lobo solitário alimentado a raiva ganhou um Brasil desiludido e inseguro. Não é a primeira vez que a frustração é explorada por demagogos perigosos. Autoritários mentirosos multiplicam-se à medida que a democracia se degrada e as desigualdades crescem.
António José Teixeira Escrutinamos pouco, exigimos de menos 26.10.2018 António José Teixeira
O debate orçamental cruzou-se esta semana com ajustes de contas com um passado muito recente. Depois de ter criticado o Presidente da República, Cavaco Silva aproveitou as memórias para chamar "artista" a António Costa. A "geringonça" ficou-lhe atravessada…
António José Teixeira Fragilidades e redução de danos 19.10.2018 António José Teixeira
A remodelação reforçou o centro político do Governo. De um lado Mário Centeno a controlar o Orçamento, do outro António Costa em campanha. Equilíbrios difíceis, mas mais tracção governamental, enquanto sopram tempestades em várias periferias.
António José Teixeira Encobrir o encobrimento 12.10.2018 António José Teixeira
A saga de Tancos começou por ser um vexame militar, tornou-se arma de arremesso partidário e ameaça contagiar as mais altas instâncias políticas. Quase todos, militares e civis, dizem não saber de nada. Possível, mas inverosímil. Ao desaparecimento sucedeu uma encenação de achamento, que precisaria de comprometer o poder político. Até quando?
António José Teixeira Dizem que "mata, mas limpa" 04.10.2018 António José Teixeira
A irresponsabilidade e a impunidade corroem a confiança nas democracias. Já chegava a indomável velocidade de comunicação das emoções populares; também os discursos incendiários carregados de paixão se propagam mais longe e mais depressa do que os argumentos baseados na razão.
António José Teixeira É provável que seja falsa 28.09.2018 António José Teixeira
O falatório geral parece tudo normalizar. Até os ódios e o fanatismo. As percepções arriscam-se a ser demasiado enganadoras. E a falsificação da imagem e do argumentário nem sempre é detectável. Contudo, há precauções e combates urgentes para travar encobrimentos e mentiras. É preciso desmascarar a manipulação.