Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
Bruno Faria Lopes brunolopes@sabado.cofina.pt 27 de Setembro de 2018 às 19:42

O mandato que deve ser único, mas que não deve ser único 

Costa exalta as vantagens do mandato único para não reconduzir alguém que fez a diferença no combate crucial contra a corrupção, ao mesmo tempo que mostra vontade em não consagrar o mandato único. Marcelo assinou por baixo.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

Um mandato único para a liderança da Procuradoria-Geral da República faz sentido? Sim, faz. Porque ajuda a defender a independência do titular do cargo, ao isolá-lo dos julgamentos políticos subjacentes à recondução. E porque, num plano mais teórico, é um cargo demasiado sensível para uma acumulação longa de poder pessoal.

 

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Mais artigos do Autor
Ver mais
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias