A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
Nicolau do Vale Pais 16 de Janeiro de 2015 às 10:05

"Por trás do espelho, quem está?" (os bois pelos nomes)

Ao contrário de sistemas como o capitalismo ou o socialismo, a plutocracia não está fundada em qualquer ideologia.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...

 

Lutocracia
Uma plutocracia é um sistema dominado pelo poder absoluto exercido a favor de uma minoria, constituída pelos cidadãos mais ricos e influentes; estes fomentam-no, muitas vezes, de forma indirecta ou sub-reptícia, socorrendo-se do ascendente que a sua notoriedade lhes confere. Ao contrário de sistemas como o capitalismo ou o socialismo, a plutocracia não está fundada em qualquer ideologia. O sistema foi denunciado por diversas vezes pelas mais diferentes personalidades da História, de Winston Churchill a Noam Chomsky, de Juan Cortés a Alexis de Tocqueville. Exemplos sonantes de plutocracias são o próprio Império Romano ou a Civilização de Cartago, por exemplo. Outro, bem mais próximo em espaço e tempo, é a actual City of London. O distrito financeiro localizado no coração da capital britânica "lava" dinheiro anualmente que chegaria para acabar com a fome em África (números Oxfam); dois terços dos eleitores do seu círculo eleitoral não residem ali, sendo antes representantes de corporações ali sediadas.

 

Cleptocracia
A cleptocracia é um sistema de corrupção política e governamental generalizada, em que o poder delibera para fomentar, manter e acumular a riqueza e influência das elites financeiras, económicas e políticas. Tal forma de governo é sustentada pelo desvio e apropriação de fundos públicos (muitas vezes disfarçado de "política de interesse público" através de mecanismos de propaganda), pelo controlo sobre as matérias-primas e os bens essenciais (através de cartelização, monopólio ou outras formas, directas e indirectas, de controlo da actividade pelo Estado) ou pelo abuso depreciativo do valor de mercado da mão-de-obra (através do fomento da precariedade e, em casos extremos, da instigação da escravatura).


A cleptocracia está genericamente associada a formas de governo autoritaristas, como as ditaduras ou as oligarquias, sendo muitas vezes de matriz nepotista (o nepotismo é o favorecimento de parentes e amigos próximos na governação). Na cleptocracia, o Tesouro é muitas vezes visto como um bem pertencente ao Governo e não ao Estado; a cleptocracia tem como consequências inevitáveis a erosão da economia real com desvalorização da procura interna. Os seus efeitos são, inevitavelmente, transversais a praticamente todos os sectores da sociedade.


Oligarquia
Uma oligarquia é uma estrutura de poder na qual o próprio poder reside efectivamente num número proporcionalmente pequeno de pessoas. Estas podem ser privilegiadas devido aos seus títulos, à sua fortuna, aos seus laços familiares, à sua educação (ou acesso à mesma) ou pelo seu controlo corporativo, religioso ou militar. Os Estados oligárquicos são muitas vezes controlados por membros proeminentes de famílias, com transmissão de poder de forma dinástica. Foi Aristóteles o pioneiro no uso do termo como sinónimo para "governação para os ricos", cujo termo exacto é, precisamente… a plutocracia.


"Por trás do espelho, quem está?" é um verso do fado "Cansaço" de Luís de Macedo, eternizado por Amália Rodrigues, com música de Joaquim Campos. Chamemos os bois pelos nomes, a começar pelo lugar exacto onde se devem inscrever as formas de poder a que temos assistido. 

 

Ver comentários
Mais artigos do Autor
Ver mais
Outras Notícias