A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião

A Europa zombie

Os filmes de zombies têm, normalmente, argumentos iguais: acontecimentos idiotas transformam as pessoas em zombies e as mortas por zombies também se transformam, imagine-se a desgraça, em zombies.

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os filmes de zombies têm, normalmente, argumentos iguais: acontecimentos idiotas transformam as pessoas em zombies e as mortas por zombies também se transformam, imagine-se a desgraça, em zombies. A chacina continua até que só sobra um punhado de humanos que tentam sobreviver.

A austeridade faz hoje o papel de saga zombie. Está a transformar o continente numa planície de zombies sem emprego e sem esperança. O objectivo de algumas mentes iluminadas era transformar a Europa do Renascimento na Europa zombie. E grande parte da classe política parecia, até há pouco, ser uma dinastia zombie que tentava transformar o que restava de seres humanos em mortos vivos. É da terra dos cowboys que veio agora o alerta geral. Barack Obama precisa de empregos e de uma economia que recupere rapidamente para ganhar as eleições de Novembro.

E, como bom polícia da Europa quando esta parece um aviário mal frequentado, decidiu utilizar o G8 para lhe dizer que devem pôr a casa em ordem. Os EUA, para recuperarem, precisam do mercado europeu. E este, em abstinência de austeridade, não serve para isso. Obama sabe o que quer: que a Europa resolva o problema grego e espanhol para ganhar as eleições. Acabou: a cavalaria vai avançar para matar a Europa zombie. A Grécia é a desculpa que os EUA necessitam para colocar mais dinheiro a circular. Os EUA perderam a paciência com a Alemanha e os seus dilectos aliados. A Grécia arrisca-se a contaminar toda a Europa e não só. E com uma catástrofe dessas não se ganham eleições. A caça ao zombie vai começar. Passos Coelho, ao apertar a mão a Hollande, parece que finalmente percebeu isso.

Ver comentários
Mais artigos do Autor
Ver mais
Outras Notícias