Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
Fernando Sobral - Jornalista fsobral@negocios.pt 26 de Novembro de 2004 às 13:59

O mistério do DVD

O nível a que chegou o futebol português ficou demonstrado com um episódio digno de uma série cómica de um país do Quarto Mundo.

O Benfica pediu uma audiência ao sr. Henrique Chaves, agora ministro com o pelouro do Desporto, e como prenda levou um DVD do jogo Benfica-FC Porto embrulhado em queixinhas sobre os árbitros.

Os líderes benfiquistas fizeram soar que iam lá protestar contra as arbitragens, declarações que foram suavizadas em forma de «assuntos gerais». Agora o sr. Chaves veio dizer que «só por delicadeza não mandei o DVD pela janela», o que prova o elevado nível do encontro entre dirigentes benfiquistas e ministro.

Pelo meio o sr. Pinto da Costa não se esqueceu de dizer que ia levar também um DVD para o sr. Putin, agora que se ia deslocar à Rússia. Com tantos realizadores, assistentes de realização e operadores de câmara não é para admirar que o futebol português seja um filme de série Z.

Não se percebe como é que depois dos líderes do Benfica dizerem que iam ao Governo protestar contra a arbitragem, o sr. Chaves não cancelou de imediato o encontro.

Não se entende como, depois de os ter recebido, venha agora elucidar os adeptos do pontapé na bola que só não atirou o DVD pela janela por delicadeza. Tudo isto prova a ligeireza como se discute o futebol profissional português ao mais alto nível: com os pés e as canelas.

Enquanto isso as questões importantes (a grave saúde financeira dos clubes a começar pela hipoteca sucessiva de receitas futuras, as relações entre Liga e FPF e os quadros competitivos profissionais, entre outros) têm direito apenas a meras declarações de intenções, porque ninguém parece interessado em resolver os problemas. O que interessa é o folclore, seja em versão corridinho ou fandango.

O caso do DVD que poderia ou não ter sido atirado pela janela e ter acertado na cabeça de um transeunte é apenas mais um exercício de mau gosto geral. Onde todos têm telhados de vidro.

Ver comentários
Mais artigos do Autor
Ver mais
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio