Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
Fernando Sobral fsobral@negocios.pt 20 de Outubro de 2004 às 13:59

Sesta, política e futebol

Os apitos costumam acordar os políticos da sua sesta.

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Afinal o futebol é a política através de outros meios. O futebol é o sinal exterior de riqueza de Portugal. A política é o seu símbolo de pobreza. E a sesta a sua memória que está a desaparecer. Quando a política e o futebol fizeram, em Portugal, um casamento para toda a vida, percebeu-se que tudo era um negócio de celebridades. A política local alimentava o futebol que, por sua vez, dava de comer aos partidos nacionais.

O desastroso resultado está à vista. Os políticos dormem, como já passavam pelas brasas no tempo de Mário Soares, por exemplo. Mas este não ia muito ao futebol e não tinha sido presidente de um clube como o actual primeiro-ministro, nem dizia que a segurança da Luz era boa mas que, apesar disso, não ia ver o jogo porque com o ruído não poderia assistir ao jogo em paz, como Hermínio Loureiro.

Portugal construiu belos estádios de futebol para o Euro’2004. Até se comporta como uma democracia. Mas, a maior parte das vezes, faz uma sesta na sua viagem entre a política e o futebol. Como se não fossem mundos diferentes.

Mais artigos do Autor
Ver mais
Mais lidas
Outras Notícias