Plano de quarentena: dar cabo dos grafitis

22.04.2020

A minha proposta é a sério: vamos limpar grafitis. Se cada Junta de Freguesia der aos voluntários uma parede vandalizada e uma lata de tinta, podemos sair melhor do que entrámos deste estado de emergência.

Manifesto a favor do “passeio fútil”

14.04.2020

Os que cascavam nos “ricos” e diabolizavam as grandes empresas passaram a dizer delas maravilhas, porque afinal dá jeito que sejam multinacionais e até tenham fundo de maneio para poderem oferecer ventiladores e máscaras, quando não mesmo hospitais.

Dar de mamar não é um capricho

07.04.2020

O primeiro leite, que a DGS tão levianamente sugere que se deite para o lixo, é só o maior shot de defesas contra todas as doenças, um bebé a sugar ao peito, a melhor forma de evitar uma hemorragia pós-parto e uma fonte de oxitocina, a hormona que “cola” as relações para a vida.

Combater a “barata tonta” dentro de si

01.04.2020

Não é pecado rir, nem sequer encontrar um ângulo divertido na maior tragédia. Se conseguir dar uma gargalhada com os outros (mesmo virtual), melhor ainda: cria laços, devolve-nos a sensação de pertença e fomenta a compaixão. Depois de rir e chorar, vai ver que trabalha melhor.

O coronavírus não vai fazer de mim uma fada do lar

24.03.2020

Ai não vai, não! À constatação de que a prisão domiciliária me dá a oportunidade de me transformar numa fada do lar, reajo com a vontade de não fazer a cama, nem emparelhar as meias desirmanadas. O que significa esta segunda adolescência?

Se um teletrabalha, o outro perde apoio à família

17.03.2020

Imaginar que o teletrabalho se compatibiliza com ficar fechado em casa com vários filhos, e ensiná-los de caminho, é querer enganar empresários e empregados. A nova decisão de apoio à família por encerramento das escolas, vista à lupa.

Já fizeram partilhas?

10.03.2020

Suponho que o dinheiro até será o que menos dói dividir, muito pior pode ser uma cadeira, porque uma cadeira de casa dos nossos pais não é uma cadeira como a das lojas, e pouco interessa o seu valor de mercado.

Pais condenados a noites sem dormir

03.03.2020

Se pensa que são só os bebés que privam os pais de sono, desengane-se. Estudo garante que o stress com os filhos adultos provoca insónias a 90% dos pais.

Ver Mais