Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião

Banqueiro menos odiado da América desvaloriza prejuízos do JP Morgan

Tópicos - As palavras que fazem as notícias do mundo

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
1. Banqueiro menos odiado da América desvaloriza prejuízos do JP Morgan
O "rei de Wall Street", esteve ontem no Senado americano para explicar os prejuízos multimilionários do JP Morgan. Jamie Dimon revelou alguns pormenores inéditos mas nada adiantou sobre o montante final dos prejuízos: a mais recente estimativa aponta para os 2.000 milhões de dólares (1.596 milhões de euros) perdidos em operações com derivados de alto risco realizadas aparentemente sem uma estratégia.

O diretor executivo fez o que lhe competia: admitiu o mau estar por ter "perdido algum do dinheiro dos accionistas" e procurou deixar claro que se tratou de um mau passo pontual, sem interferência nos balanços. No testemunho escrito contextualizou as operações num portefólio de 350.000 milhões de dólares que classificou de "globalmente conservador".

Desde que o JP Morgan saiu da crise de 2008-09 relativamente intocado Jamie Dimon tornou-se uma referência de Wall Street. E o banqueiro "menos odiado da América", como em 2010 lhe chamou o New York Times.



2. SAAB
Acaba finalmente o pesadelo da construtora sueca. Foi ontem consumada a venda da Saab Automobile à National Electric Vehicle Sweden, uma nova empresa fundada por duas firmas asiáticas. O montante da venda não foi revelado; a Saab deve 1.500 milhões de euros. A japonesa Sun Investment LLC tem 49% da nova empresa e a National Modern Energy Holdings de Hong Kong tem 51%. Juntaram-se para comprar a Saab e construir um novo veículo elétrico.



3. ZAR
A cadeia de lojas Zara segue imune à crise. O seu proprietário, o grupo espanhol Inditex, obteve lucros líquidos de 432 milhões de euros no primeiro trimestre fiscal - um aumento de 30% em relação ao ano passado. As vendas aumentaram, mas o grupo faz notar que as melhorias de eficiência contribuiram para o bom desempenho. A Inditex é o maior retalhista mundial de roupa e já 5.500 lojas em mais de 80 países.



"Tópicos" é uma ferramenta do Negócios que faz pesquisa inteligente das notícias de economia mundiais. Consulte e saiba mais em www.negocios.pt
Ver comentários
Mais artigos do Autor
Ver mais
Outras Notícias