Paulo Querido
Paulo Querido 21 de janeiro de 2013 às 23:30

Obama numa América com menos esperança no futuro

Tópicos - as palavras que fazem as notícias do mundo

1. Obama numa América com menos esperança no futuro

O 44.º presidente dos Estados Unidos da América que ontem tomou posse para o seu segundo mandato é um homem muito diferente do Barack Obama da primeira eleição, há 4 anos. De preto, o cabelo passou a grisalho. O sorriso ainda é franco mas perdeu espontaneidade. Envelheceu.

 

Até parece que o tempo na Casa Branca corre mais depressa do que fora dela. Mas a América mudou tanto ou mais que Obama. Estancar a crise financeira não foi suficiente para a economia regressar aos bons velhos tempos - aliás, os acontecimentos destes 4 anos sugerem que o apogeu do país já ficou para trás.

 

Os próximos 4 anos apresentam-se duríssimos para quem se fez eleger em nome da esperança. Elevar o limite da dívida, gerir a legislação de controlo de armas, concluir a reforma da imigração legalizando 11 milhões de imigrantes e, no campo externo, retirar do Afeganistão e acertar na política para o Médio Oriente, são tarefas hercúleas.

 

 

 

2. Angela Merkel

Foi por um cabelo, mas a coligação de centro-direita da chanceler alemã perdeu este fim de semana as eleições na Baixa Saxónia. Os sociais democratas e os verdes conquistaram a maioria - por um deputado. Angela Merkel depressa assumiu, com um toque de dramatismo, que a derrota foi «dolorosa». A imprensa apressou-se a tirar ilações: Merkel terá mais dificuldade em fazer-se eleger para o terceiro mandato como chanceler nas próximas eleições, dentro de 8 meses. 

 

 

 

3. Pearson

A conquista de mais quota no mercado americano da educação veio no ano errado: cortes na educação pública levaram a maior parte da expetativa de lucros da Pearson. O abrandamento dos gastos com publicidade no 4.º trimestre fez o resto: a maior empresa do mundo na educação, e igualmente número 1 na indústria editorial, baixou prudentemente a estimativa de lucro para 2012. Não é hábito a dona do Financial Times anunciar "downgrades", mas vivemos tempos estranhos. 

 

 

 

"Tópicos" é uma ferramenta do Negócios que faz pesquisa inteligente das notícias de economia mundiais. Consulte e saiba mais em www.negocios.pt

pub

Marketing Automation certified by E-GOI