Ulisses Pereira
Ulisses Pereira 10 de dezembro de 2012 às 00:32

Está a perder dinheiro, sim

Quando alguns investidores são confrontados com o facto de estarem a ter perdas fortes em algumas acções que detêm em carteira, várias vezes reagem dizendo que não estão a perder nada pois apenas quando as venderem é que se pode falar em perdas.

"Só perco quando vendo"

Frase frequentemente repetida por inúmeros investidores

 

Se tivesse que eleger a frase relacionada com os mercados financeiros que mais me incomoda, seria seguramente aquela com que iniciei este artigo. Quando alguns investidores são confrontados com o facto de estarem a ter perdas fortes em algumas acções que detêm em carteira, várias vezes reagem dizendo que não estão a perder nada pois apenas quando as venderem é que se pode falar em perdas.

Discordo, por completo, desta ideia e, levando ao extremo esta habilidosa frase, há investidores que nunca perdem, bastando para tal nunca venderem acções que estejam a desvalorizar face ao preço de compra. Tentando desmistificar esta ideia, os investidores que compraram BCP, há 14 anos atrás, ou Zon (na altura PTM), há 12 anos atrás, e que estão com desvalorizações superiores a 95% não estarão a perder dinheiro? Se estas duas acções multiplicarem por 50 vezes o seu actual valor, eles continuarão com desvalorização e, mesmo assim, continuam a dizer que não estão a perder dinheiro?

A verdade é que essa infeliz expressão é a forma encontrada pelos investidores para não assumirem os seus erros e não admitirem que compraram acções no momento errado. Vender acções a perder é um dos aspectos mais difíceis do "trading" pois é quase um reconhecimento do erro, algo que muitos investidores se recusam a fazer. E, por mais paradoxal que possa parecer, é esse reconhecimento do erro e corte das perdas um dos aspectos críticos do sucesso. Talvez por isso, uma percentagem tão baixa de investidores tem sucesso nos mercados pois falham em aspectos tão básicos e cruciais como este.

O mais surpreendente é que não vejo apenas pequenos investidores a proclamarem tão ilusória frase. Em Portugal, recentemente, assistimos a alguns accionistas de referência das maiores empresas nacionais a dizerem este género de frases. Por vezes, dou por mim a pensar se dizem isso para não assumirem os seus erros e perdas diante dos outros ou se é mesmo uma frase em que acreditam e que repetem, incessantemente, para dentro deles mesmo para se confortarem interiormente.

Quem tem acções que se desvalorizam, está a perder dinheiro. E nem quero entrar no custo do capital, custo de oportunidade e outras considerações que aqui poderiam ser trazidas à baila.

Há algum tempo atrás, escrevi um artigo onde afirmava que quem dizia que nunca tinha perdido em bolsa ou era mentiroso ou tinha começado a negociar há pouco tempo. Mas, se esta teoria de que só se perde quando se vende se começa a generalizar, já entendo por que algumas pessoas nunca perdem dinheiro em bolsa. Mesmo que a sua carteira valha menos 95% do que valia há 10 anos atrás…

Se tem em carteira acções desvalorizadas, não assobie para o lado. Não diga que tudo corre bem. Preocupe-se. Reavalie se continuam a ser boas opções e, sobretudo, se tivesse agora capital, se seria essa a sua acção escolhida. E, por favor, não defenda que não está a perder dinheiro. Porque está.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comente aqui o artigo de Ulisses Pereira


Nem Ulisses Pereira, nem os seus clientes, nem a DIF Brokers detêm posição sobre os activos analisados. Deve ser consultado o disclaimer integral aqui

Analista Dif Brokers
ulisses.pereira@difbroker.com

Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI