Camilo Lourenço Populismo nos comentaristas??? 21:30 Camilo Lourenço
Se António Costa quer dar benesses à administração pública e aos pensionistas (as corporações mais beneficiadas pelo Governo) tem de assumir que isso tem custos.
Adolfo Mesquita Nunes O logro das reformas antecipadas  20:50 Adolfo Mesquita Nunes
O Bloco de Esquerda andou durante meses a falar de facilitar o acesso à reforma antecipada às pessoas que, com 60 anos ou mais, tivessem já trabalhado 40 anos.
Colunistas A herança envenenada de Draghi - (III) 20:10 João Costa Pinto
Quando estão em causa as chamadas "ajudas de Estado", os técnicos europeus tendem a colocar-se numa óptica puramente comercial - de defesa da concorrência - ignorando ou subavaliando os riscos sistémicos que ameaçam a estabilidade financeira.
Joaquim Aguiar O lugar geométrico 19:50 Joaquim Aguiar
Pela sua natureza, a União Europeia, nas suas instituições e nas suas condições de funcionamento, é incompatível com o nacional-populismo. Os lugares geométricos (dos partidos, do eleitorado, da legitimidade) para as eleições europeias serão outros.
Ulisses Pereira Touros lutam pela sobrevivência 11:14 Ulisses Pereira 21
A partir de agora, irá jogar-se o futuro da bolsa. Os ursos têm dado sinais de força e quebraram o suporte dos 5.250 pontos.
Ontem
Camilo Lourenço A herança tóxica de Centeno 21.10.2018 Camilo Lourenço 458
Mário Centeno está de saída. Surpresa? Não.
Marques Mendes Notas da semana de Marques Mendes 21.10.2018 Luís Marques Mendes
As notas da semana de Marques Mendes nos seus comentários na SIC. O comentador fala sobre o Orçamento do Estado para 2019, da remodelação do Governo e da polémica de Tancos, entre outros temas.
Fernando Sobral A reforma das reformas  21.10.2018 Fernando Sobral
Alguém vai pagar tantas reformas antecipadas que, nalguns casos, roçam o ridículo. Ou seja, há uma bomba-relógio pronta a explodir. Na cara dos portugueses sem defesa, porque ou são velhos ou jovens demais.
Eduardo Cintra Torres [775.] Jeep 21.10.2018 Eduardo Cintra Torres
Um comprador de um Jeep que trabalhe 240 dias por ano e tenha 125 dias de férias, feriados e fins-de-semana, lembrar-se-á mais dos dias de lazer do que dos dias de trabalho. É o que está neste anúncio.
António Moita O último apaga a luz  21.10.2018 António Moita 103
A entrada no Governo de João Galamba foi o facto mais surpreendente da recente remodelação governamental. Não se trata, porém, de uma simples troca de protagonistas numa pasta importante e difícil. É uma manobra política de mais largo alcance.