Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião

Energéticas e Populares

EDP Renováveis e GALP são duas das mais recentes cotadas do nosso mercado, ainda com um relativamente curto historial em Bolsa mas já com um interessante "track record". São já e são-no praticamente desde o primeiro dia em Bolsa duas das acções mais populares do nosso Mercado. E "energéticas" também...

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
EDP Renováveis e GALP são duas das mais recentes cotadas do nosso mercado, ainda com um relativamente curto historial em Bolsa mas já com um interessante "track record". São já e são-no praticamente desde o primeiro dia em Bolsa duas das acções mais populares do nosso Mercado. E "energéticas" também...

Com um comportamento técnico, volume e energia em Bolsa de fazer inveja a outras velhas cotadas do nosso Mercado, os dois títulos têm vindo a apresentar tendências e referências técnicas bem visíveis e consistentes. Junte-se-lhe a força relativa evidenciada nos últimos meses e perceber-se-á a razão da especial atenção que têm merecido aqui na Coluna.


A GALP tem vindo a beneficiar da alta do Petróleo, “commodity” que esteve em especial destaque na edição anterior e que entretanto ultrapassou a fasquia dos 50 dólares. A tendência de alta da petrolífera no curto-prazo é evidente tendo superado nos últimos dias duas importantes referências técnicas do título. A próxima grande referência da GALP encontra-se agora junto aos 11 euros, zona que se comportou como um importantíssimo suporte em meados do ano passado. Já a EDP Renováveis, após um longo período de consolidação junto aos 6 euros, resistência aqui tantas vezes sublinhada, finalmente ultrapassou a barreira que rapidamente passou a funcionar como suporte. Aqui o próximo obstáculo deverá encontrar-se por volta dos 7.2 euros.


Convém contudo recordar que os índice se encontram ainda abaixo do último máximo relativo. Dito de outra forma, esta recuperação dos mercados percorreu ainda apenas uma parte do último movimento de baixa. Em termos gerais, é muito cedo para falarmos de mais do que uma recuperação inserida num contexto de Bear Market.
































Com uma tendência de alta iniciada em Dezembro, a GALP ultrapassou duas referências técnicas tendo agora pela frente os importantes 11 euros.


































Após a prolongada lateralização abaixo dos 6 euros, com a quebra desta importante resistência é expectável que o título vá mais longe.



































O Petróleo agora com uma tendência de alta de curto/médio-prazo em vigor, ultrapassou finalmente a barreira dos 50 dólares, apresentando tecnicamente potencial de subida.



Nota: as análises apresentadas constituem artigos de opinião do autor, não devendo ser entendidos como recomendações de compra e venda ou aconselhamento financeiro.
Mais artigos do Autor
Ver mais
Mais lidas
Outras Notícias