Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião

Inovação empresarial e criatividade

A definição dos valores e os comportamentos de uma empresa criam as expectativas do ambiente organizacional, e tem por isso uma grande importância na criação do clima.

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Crescer! Esse é tipicamente o desejo de todos os CEO´s, seja em termos de volume, cota de mercado ou rentabilidade. O crescimento sustentado é conseguido através da diferenciação. Esse crescimento implica lançar produtos novos e inovadores, preencher desejos não satisfeitos dos consumidores (ou clientes), ser excelente no serviço e utilizar modelos de negócio nunca antes pensados. Essa diferenciação pode ser conseguida através da criatividade na definição de todos os aspectos de um negócio e do desenvolvimento e implementação das ideias criadas.

As organizações inovadoras têm uma clara visão que guia as suas actividades. Essa visão não é exactamente para onde a organização vai, é uma aspiração daquilo que a organização acredita ser o melhor caminho a seguir associada a uma compreensão dos seus valores e comportamentos subjacentes.

Os projectos de inovação e os programas de melhoria devem estar alinhados com uma visão de inovação. Refiro «devem», e não «devem sempre», pois uma visão deve poder ser alterada. O mundo está em constante mudança o que implica que uma visão deve evoluir de acordo com essa mudança. Muitas vezes, essas evoluções podem ser causadas por resultados de um projecto levado a cabo por um maverick a trabalhar fora das fronteiras dessa mesma visão.

A inovação, como nós a entendemos, toma diferentes formas, desde melhorias em produtos ou serviços existentes até conceitos novos e revolucionários. Em todas elas implica mudança e melhoria da realidade existente.

Uma organização líder em conceitos inovadores atinge normalmente um balanço entre actividades conduzidas pela visão, e conceitos radicalmente inovadores. O maior esforço e a estratégia da empresa deve ser seguir a visão sem prejuízo de eliminar outras ideias que se possam tornar em factores-chave de diferenciação. Algumas formas de gerir uma organização inovadora incluem:

- Redução de controlos desnecessários

- Sistemas de recompensa relacionados com a criatividade

- Novas atitudes relacionadas com a eficiência e as falhas

- Comunicação do valor da mudança criativa

- Disponibilização dos recursos apropriados!

A criatividade sistémica implica o envolvimento de todos os colaboradores sendo a organização suportada por um conjunto de estruturas e sistemas que a responsabilizam aos seus vários níveis.

Uma descrição de liderança criativa é: liderar para criar a possibilidade.

Melhorias radicais requerem normalmente o pensamento inovador e formas e meios de desenvolver as ideias associadas até um plano de acção. É muito importante que a organização como um todo compreenda as dinâmicas de trabalho de equipa e de resolução de problemas de forma criativa. Só assim os novos conceitos e ideias vão «sobreviver», evitando a sua eliminação «somente» por não serem exequíveis hoje. Podemos desenvolver a exequibilidade de uma ideia nova, mas não podemos desenvolver a novidade de uma ideia exequível!

A experiência e os resultados de inúmeras investigações levam-nos a identificar três áreas-chave no domínio da Inovação:

A Criatividade, ou a capacidade de pensar de forma diferente, de fazer ligações entre mundos não relacionados, normalmente implicando também a capacidade de nos distanciarmos da nossa própria realidade.

A Acção, o resultado de guiar produtivamente a criatividade, desenvolvendo os conceitos através da resolução de problemas de forma criativa.

O Clima, resultante das dinâmicas, valores, e princípios de uma organização, faz parte integrante da cultura de uma empresa. A cultura corporativa, como inúmeras vezes referenciado na literatura, inclui também as traduções, as estruturas e as tecnologias, entre outras. O clima é talvez a mais complexa área das 3 anteriormente referidas. A definição dos valores e os comportamentos de uma empresa criam as expectativas do ambiente organizacional, e tem por isso uma grande importância na criação do clima. Todas as acções que tomamos influenciam o clima, sendo por isso vital que todos numa organização tomem responsabilidade pelos seus próprios actos.

Quando estas três áreas estão em equilíbrio numa organização aumentamos a probabilidade de inovar. Construir uma organização inovadora é um processo contínuo que começa com a gestão de topo e alcança toda a organização. Implica treinar e formar as pessoas em técnicas e ferramentas criativas, ter menos e mais eficientes reuniões, garantir que os líderes compreendem e cultivam as dinâmicas de liderança criativa promovendo um clima de suporte e colaboração, e definir e implementar canais de comunicação acessíveis a todos.

A valorização e implementação dos conceitos referidos permitem desenvolver uma empresa onde os empreendedores brilham, os mavericks encontram o seu espaço e, não menos importante, a grande maioria das pessoas sente-se bem, valorizada e ouvida, contribuindo activamente em novas iniciativas e projectos.

Desta forma, a Inovação contribui activamente para a criação de um crescimento sustentado.

Ver comentários
Mais artigos do Autor
Ver mais
Outras Notícias