Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
Pedro Santos 12 de Julho de 2004 às 13:59

Mau arranque da «earnings season»

Esta semana deverá continuar a ser marcada pela fraca liquidez, devido à falta de investidores no mercado, que começam a gozar férias.

  • Partilhar artigo
  • ...

Os mercados de acções europeus e norte-americanos encerraram a semana no vermelho penalizados pelo mau arranque da «earnings season» nos Estados Unidos e pela subida do preço do petróleo. A matéria-prima atingiu o valor máximo do último mês impulsionada pelas sabotagens na rede de distribuição no Iraque e pelos comentários recentes dos responsáveis da OPEP sobre a possibilidade de prescindirem do aumento de produção anunciado para o dia 1 de Agosto.

Também em Portugal as acções foram penalizadas não só pelo sentimento negativo proveniente do exterior, mas também pela instabilidade política. O destaque foi para a Oferta Pública de Aquisição lançada pela Semapa sobre a Portucel ao preço de 1.55 euros, depois da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários assim o ter imposto. Note-se que a saída de bolsa da Portucel deverá levar ao retorno da Novabase ao principal índice nacional, razão pelo qual esta poderá constituir uma boa aposta no curto prazo.

Instabilidade política e fraca liquidez deverão continuar a condicionar o mercado nacional.

Esta semana, o sentimento geral deverá continuar a ser dominado pela incerteza em torno da política interna e pela fraca liquidez devido à falta de investidores no mercado português (a conclusão dos eventos previstos este ano - Euro 2004 e Rock in Rio - e a entrada no período de férias são os principais responsáveis pela existência de poucos negócios).

A falta de interesse dos investidores continua a recomendar alguma cautela, pelo que nesta altura a prudência é o melhor conselho. Para além disso, o PSI-20 tem vindo a corrigir da «outperformance» que tinha feito desde o início do ano face aos outros índices (europeus e americanos) e, após a conclusão dos eventos referidos, a tendência deverá continuar. Desta forma, o «stock picking» deverá ser criterioso pelo que se recomenda acções com bons fundamentais tais como o BPI que apesar da qualidade dos seus activos apresenta o PER (»price earnings ratio») mais baixo da banca ibérica (11.1x).

Também a PT Multimédia está atractiva aos níveis actuais, uma vez que a própria empresa já admitiu que tem condições para melhorar a remuneração aos accionistas através de um programa especial, que pode passar por um «share buy back» ou por um dividendo extraordinário até 10% da sua capitalização bolsista o que dá alguma segurança a este investimento.

Mais artigos do Autor
Ver mais
Outras Notícias