Patrícia  Abreu
Patrícia Abreu 14 de março de 2018 às 20:50

Metade dos investidores vai seguir o mercado 

Os fundos de índice são cada vez mais populares. A perspectiva de pagar comissões baixas e conseguir um retorno semelhante ao do mercado, quando muitos fundos activos nem isso conseguem, agrada aos investidores.

E são cada vez mais os que optam por subscrever um ETF, em detrimento de um fundo de investimento. Uma evolução que tenderá a intensificar-se nos próximos anos. Segundo um estudo da BlackRock, a maior gestora de activos do mundo, os fundos de índice vão tornar-se o veículo de investimento dominante nos próximos anos. De acordo com a BlackRock, nos próximos dois anos metade dos investidores norte-americanos vai ter, pelo menos, um ETF. "Os ETF não estão apenas a ter um momento. Estão a criar um movimento", escreveu Martin Small, responsável pelo iShares, da BlackRock, no Canadá e nos EUA, num documento citado pela MarketWatch. Actualmente, um em cada três investidores norte-americanos detém pelo menos um ETF, um número revelador da popularidade destes produtos de investimento. Esta nova realidade está a reflectir-se numa crescente aposta das gestoras no lançamento destes ETF e na descida de comissões de fundos, numa tentativa de apanhar um comboio em andamento.

 

Jornalista

pub