João Quadros
João Quadros 19 de setembro de 2014 às 00:36

O banco cotonete

O Novo Banco não passou da fase Nenuco. No fim-de-semana, o Expresso deu a notícia: Vítor Bento estava demissionário. O outrora Salvador da Pátria Financeira, afinal não percebia nada de banca e estava de saída sem deixar saudades. Os banqueiros arfavam por banqueiros: "Faz muita falta um banqueiro à frente de um banco", eu acrescentaria, daqueles que já não se fazem, como o Salgado, o Jardim Gonçalves, o Rendeiro, etc.

Mais uma vez não sabíamos tudo o que se passava. Enquanto cá fora havia borboletas, lá dentro, o ambiente era de reptilário. Bem que Cavaco Silva queria saber mais coisas. Andavam a maltratar o seu homem no BES, e ninguém lhe contava.

 

Bento pensou que vinha para presidente do BES. Aceitava por amor à pátria ser o novo DDT mas, quando a tempestade acabou, sobrava um quiosque com cautelas. Ainda por cima para vender, rapidamente, porque vão fazer uma casa de hambúrgueres. Era de menos para o seu espírito de missão. 

 

Carlos Costa, que já tinha tirado o tapete a Bento - pressionado por um PM que quer que tudo se lixe menos as eleições - já estava à procura de uma nova barriga de aluguer. Alguém que não deixe morrer o banco enquanto os novos pais não o vêm buscar. Soubemos, mais tarde, que a barriga veio de Londres, e confirmou-se que era alugada.

 

Não vai ser fácil a vida de Stock da Cunha. O Lloyds já avisou que o emprestam, mas que não o aceitam de volta se vier com muitos riscos ou vícios. O Vítor Bento passou de iluminado a pessoa que não percebia nada daquilo, num mês. O Novo Banco é um cemitério de gente séria. Espero que estando o Doutor Stock emprestado, só lá vá à tarde.

 

A minha crónica acabava aqui, não fossem as últimas notícias e o facto de eu ser sócio do SCP. Segundo os media, Stock da Cunha tinha acabado de contratar um ex-presidente do Sporting para o Novo Banco. Quando ouvi a notícia pensei que era o Bigodes, que já é calejado nestas coisas. Mas não era. O ex-presidente do Sporting, José Eduardo Bettencourt tinha sido escolhido para chefe de gabinete de Stock da Cunha. JEB tornava-se o primeiro homem, com dupla consoante no nome, a ir buscar cafés.

 

Deduzo que, agora, a pressa para se livrarem do Novo Banco seja ainda maior. Têm de o vender antes que acabe a auditoria à gestão do Bettencourt no Sporting. Fiquei desconfiado, que andava aqui dedinho do Bettencourt, quando Portas apareceu a dizer que Vítor Bento era uma maçã podre. E esta coisa da borboleta do Novo Banco é bem capaz de ter sido uma ideia do Paulo Pereira Cristóvão. O Novo Banco entrou na fase croquete. Quando vir a situação em que aquilo está, o Bettencourt vai ficar com o cabelo todo preto.

 

Para mim, a entrada do Bettencourt é a confirmação de que o Novo Banco vai ser vendido ao BPI. Vamos ver se a seguir não anunciam a Daisy Ulrich a fazer de D. Inércia.

 

 
TOP 5 EMPRÉSTIMOS 

 

1. Escolas autorizadas a criar grupos de alunos com características semelhantes

- É a universidade de Verão do PSD

 

2. "A justiça portuguesa condena com base em convicções e não em factos"

Marinho Pinto. Não, desculpem. Maria L Rodrigues

 

3. Com mais de 105 mil inscritos, o Secret Story reúne mais do dobro dos candidatos ao ensino superior."

- É tudo licenciados

 

4. CEO da Ryanair "Fazia sentido que a TAP fosse comprada pela Iberia, apesar de os portugueses não gostarem de vender aos espanhóis"

- Tudo menos Malasian Airlines

 

5. "Quando sair da Comissão vou não só ler, mas também escrever"

- Farto das ameaças do Durão Barroso!

pub

Marketing Automation certified by E-GOI