Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium Se já é assinante, faça LOGIN
Camilo Lourenço
Camilo Lourenço 29 de janeiro de 2018 às 21:30

O caso Centeno e a diferença entre "achismo" e "factos" 

O Correio da Manhã dizia ontem que se Mário Centeno for constituído arguido, no âmbito das investigações do Ministério Público, sairá do Governo (e, presume-se, do cargo de presidente do Eurogrupo).

Ao final da tarde o primeiro-ministro desmentiu, reafirmando a sua confiança no ministro: "Mantenho toda a confiança no ministro das Finanças e em circunstância alguma sairá do Governo."

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês
Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
pub