Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN
Fernando  Sobral
Fernando Sobral 24 de setembro de 2015 às 21:05

O défice e os juros de Passos Coelho

O Estado tornou-se um centro de negócios para quem o ocupa e que, assim, os distribui mais facilmente, como está a acontecer em Portugal à vista desarmada há muito tempo antes de Passos ou mesmo de Sócrates.

Passos Coelho nunca foi um liberal. Sempre foi um neoconservador. Aquele que acredita, no meio do liberalismo económico que propõe, num Estado forte, que não hesita a subordinar o mercado aos seus fins políticos. Como se

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês
Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI