Ulisses Pereira
Ulisses Pereira 16 de setembro de 2019 às 10:30

O primeiro grande teste depois do Verão

A Bolsa portuguesa comemora hoje um mês de subidas. A semana passada foi, uma vez mais, de subidas ligeiras, com a generalidade das acções a recuperar do período difícil que viveram entre Maio e meados de Agosto.

Comente aqui o artigo de Ulisses Pereira

Com este mês de subidas, chega agora o primeiro grande teste do PSI que se encontra junto da zona de resistência entre os 5000 e os 5060 pontos, grosso modo. Durante alguns meses, apontei esta zona como um importante suporte para o índice português e, conforme dizem os clássicos manuais da análise técnica, um suporte quebrado torna-se numa nova resistência.

 

Não deixa de ser curioso que duas das mais emblemáticas e importantes acções da praça portuguesa se encontrem também junto a importantes resistências. A Sonae, depois de um excelente mês, voou até perto da resistência dos 0,91 euros e a EDP com um grande ano de 2019, está agora colada à sua importante resistência na zona dos 0,55 euros.

 

Este mês de subidas na Bolsa portuguesa foi uma boa notícia para os accionistas das principais acções da nossa praça, mas na verdade ainda nenhum sinal técnico relevante foi dado. Por mais entusiasmantes que sejam estas subidas, até a quebra de alguma resistência forte, elas devem ser encaradas apenas como meros ressaltos, daí a importância desse sinal de força aparecer.

 

Com as eleições à porta, será interessante perceber qual o impacto que isso pode ter na Bolsa portuguesa. Será esse o tema do artigo da próxima semana. Não será apenas a eleição de novos deputados e de um novo Governo que estará em jogo no dia 6 de Outubro. O futuro da Bolsa portuguesa também se decidirá nas urnas.



Nem Ulisses Pereira, nem os seus clientes, nem a DIF Brokers detêm posição sobre os activos analisados. Deve ser consultado o disclaimer integral aqui


Analista Dif Brokers

ulisses.pereira@difbroker.com

Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI