Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN
Fernando  Sobral
Fernando Sobral 04 de novembro de 2015 às 18:52

O que fazemos?

A meio do novo filme de 007, "Spectre", no deserto do Sahara, a doutora Swann vira-se para James Bond e faz-lhe uma pergunta retórica: "E agora, o que é que fazemos?" Todos sabem a resposta, porque os filmes de Bond, cheios de aventuras, são previsíveis.

Mesmo que o filme comece por nos alertar que "os mortos estão vivos", no meio da parada do Dia dos Mortos na Cidade do México. A política portuguesa não é, por estes dias, tão previsível como um filme

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês
Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI